Risco de pobreza baixou em 2018 mas ainda há 2,2 milhões em perigo de exclusão – INE

A taxa de risco de pobreza em Portugal baixou para 17,2% em 2018, mas ainda há cerca de 2,2 milhões de pessoas que estão em risco de pobreza ou exclusão social, segundo dados do INE.

Risco de pobreza baixou em 2018 mas ainda há 2,2 milhões em perigo de exclusão - INE

Risco de pobreza baixou em 2018 mas ainda há 2,2 milhões em perigo de exclusão – INE

A taxa de risco de pobreza em Portugal baixou para 17,2% em 2018, mas ainda há cerca de 2,2 milhões de pessoas que estão em risco de pobreza ou exclusão social, segundo dados do INE.

Lisboa, 26 nov 2019 (Lusa) – A taxa de risco de pobreza baixou para 17,2% em 2018, mas ainda há cerca de 2,2 milhões de pessoas que estão em risco de pobreza ou exclusão social, segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento, realizado em 2019 sobre rendimentos do ano anterior, 17,2% das pessoas estavam em risco de pobreza em 2018, menos 0,1 ponto percentual (p.p.) face a 2017 e menos 3,2 p.p. do que em 2003.

A taxa de risco de pobreza correspondia, em 2018, à proporção de habitantes com rendimentos monetários líquidos inferiores a 6.014 euros anuais, o equivalente a 501 euros mensais, mais 34 euros relativamente a 2017.

A redução do risco de pobreza abrangeu em particular as crianças e os jovens, passando de 19% em 2017 para 18,5% em 2018, e a população idosa de 17,7% para 17,3%.

HN // ZO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS