Restrições no abastecimento de água a Maputo devem continuar em 2019

Restrições no abastecimento de água a Maputo devem continuar em 2019

As restrições no abastecimento de água à capital moçambicana e arredores, com a água a correr só durante parte do dia, devem continuar até finais de 2019, anunciou hoje o Instituto Nacional de Gestão Hídrica.

“A província e cidade de Maputo poderão continuar com restrições no abastecimento de água, pelo menos, até finais de 2019, caso se confirmem as previsões” que apontam para possibilidade de precipitação abaixo do normal na próxima época chuvosa, que arranca em novembro, indicou Agostinho Vilanculos, dirigente do Instituto Nacional de Gestão Hídrica, citado hoje pelo boletim informativo do Governo.

Ainda assim, as perspetivas são positivas, tendo em conta que, em 2019, Maputo beneficiará de uma ligação ao rio Movene e da reabilitação da barragem de Corumana, já em curso, para aumento da capacidade de armazenamento.

“No mês de dezembro será reavaliado o modo de distribuição de água para o consumo nas três regiões da província”, ou seja, Maputo, Matola e Boane.

A capital e arredores sofrem com insuficiência da água na barragem dos Pequenos Libombos, devido à baixa precipitação na época chuvosa 2017/2018, que se seguiu a uma seca prolongada no ano anterior.

Quem pode, recorre a depósitos que enchem durante as horas de abastecimento, para ter água disponível noutros períodos.

Na época de restrições mais apertadas, entre fevereiro e abril, a água era disponibilizada apenas durante algumas horas em dias alternados.

Ainda no que respeita à próxima época chuvosa em Moçambique, preveem-se chuvas acima da média no centro e norte do país.

Naquelas regiões, “as albufeiras de Chicamba e Cahora Bassa poderão registar um aumento acima dos níveis de garantia das necessidades de abastecimento de água, irrigação e produção de energia elétrica”, acrescenta o Governo.

LFO // VM

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Restrições no abastecimento de água a Maputo devem continuar em 2019

As restrições no abastecimento de água à capital moçambicana e arredores, com a água a correr só durante parte do dia, devem continuar até finais de 2019, anunciou hoje o Instituto Nacional de Gestão Hídrica.