Rapta namorada de 12 anos e matam, cozinham e comem cérebro de homem

A criança de 12 anos foi raptada pelo pedófilo que a convenceu a matarem, cozinharem e comerem cérebro de uma vítima masculina.

Um jovem adulto de 22 anos foi detido pelas autoridades russas acusado de ter matado um homem à machadada e de ter cozinhado o seu cérebro para o comer. A identidade do assassino não foi divulgada, mas sobre ele recaiam suspeitas muito fortes de pedofilia e de canibalismo. Quando foi apanhado, estava acompanhado da namorada, uma criança de 12 anos que será também suspeita de ajudar no homicídio.

LEIA MAIS: Menino com deficiência deixado a apodrecer no sótão pela própria mãe

O homem assumiu que ele e a criança, a «namorada», mantinham relações sexuais. insistiu sempre que a criança era «namorada» dele. A menina foi dada como desaparecida pelos pais uma semana antes de o crime ter sido praticado pelo ‘casal’.

O homem e a menina de 12 anos desmembraram e comeram várias partes da vítima

O casal «desmembrou a vítima e comeu algumas partes do corpo», anunciaram os polícias encarregados do caso. As buscas terminaram num «cenário de horror». «Havia sangue espalhado pelo chão e o corpo da vítima já estava em estado de putrefação.»

LEIA MAIS: Mulher apanhada a masturbar o marido em piscina pública [vídeo e fotos]

O homem de 22 anos está acusado de homicídio e desmembramento de cadáver. A moldura penal na Rússia prevê pena de até 15 anos de prisão efetiva, mas a pena poderá ser mais grave, por estar também indiciado por crimes de pedofilia e abuso sexual de menores.

LEIA MAIS: Homem nu apanhado a violar menina de 6 anos em WC de restaurante [vídeo]


RELACIONADOS

Rapta namorada de 12 anos e matam, cozinham e comem cérebro de homem

A criança de 12 anos foi raptada pelo pedófilo que a convenceu a matarem, cozinharem e comerem cérebro de uma vítima masculina.