PSP vai prestar socorro a vítima de violência doméstica e encontra 56 revólveres

Durante o socorro, os elementos da PSP aperceberam-se da «existência de objetos aparentemente ilícitos» e realizaram buscas à habitação com autorização da vítima.

PSP vai prestar socorro a vítima de violência doméstica e encontra 56 revólveres

PSP vai prestar socorro a vítima de violência doméstica e encontra 56 revólveres

Durante o socorro, os elementos da PSP aperceberam-se da «existência de objetos aparentemente ilícitos» e realizaram buscas à habitação com autorização da vítima.

Uma mulher de 44 anos estava a ser espancada pelo companheiro de 45 anos quando as autoridades chegaram à residência localizada em Marvila, Lisboa.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Semana começa sem chuva e subida de temperaturas

De acordo com o Correio da Manhã, os agentes da PSP que colocaram fim ao terror da vítima, encontraram na residência um arsenal composto por 56 revólveres de diversos calibres e mais de 1300 munições, entre outros objetos.

Agressor estava «alterado e bastante perturbado»

O alerta para a situação de violência doméstica foi dado pelas 16h00 do passado sábado. Para o local deslocaram-se elementos da PSP dos Olivais que conseguiram prestar socorro à mulher e imobilizar o agressor. Segundo a mesma publicação, o homem estava num «estado alterado e bastante perturbado» sendo levado compulsivamente para o Hospital de São José, em Lisboa.

Durante o socorro, os elementos da PSP aperceberam-se da «existência de objetos aparentemente ilícitos» e realizaram buscas à habitação com autorização da vítima. Além de terem sido encontrados 56 revólveres e 1343 munições de diversos calibres, as autoridades encontraram também 11 espingardas de pressão de ar, 10 soqueiras, cinco pinhais longos e quatro mosquetes. Além disto, o homem tinha ainda em casa três matracas, duas miras telescópicas, uma pistola taser e um bastão extensível.

LEIA MAIS
Autoridades chinesas elevam número de mortos por coronavírus para 362

Impala Instagram


RELACIONADOS