PSP do Porto deteve cinco pessoas por tráfico de droga organizado

Cinco pessoas foram detidas numa operação para desmantelar um grupo que se dedicava “de forma organizada” ao tráfico de droga na Póvoa de Varzim e em Vila do Conde, revelou hoje a PSP do Porto.

PSP do Porto deteve cinco pessoas por tráfico de droga organizado

PSP do Porto deteve cinco pessoas por tráfico de droga organizado

Cinco pessoas foram detidas numa operação para desmantelar um grupo que se dedicava “de forma organizada” ao tráfico de droga na Póvoa de Varzim e em Vila do Conde, revelou hoje a PSP do Porto.

Em comunicado, o Comando Metropolitano do Porto da PSP esclarece ter detido “dois homens e três mulheres, com idades compreendidas entre os 38 e os 48 anos de idade, sem ocupações profissionais conhecidas e residentes na Póvoa de Varzim”.

A ação, realizada pela Divisão de Investigação Criminal com o apoio da Força Destacada da Unidade Especial de Polícia — Corpo de Intervenção e Grupo Operacional Cinotécnico “visou um conjunto alargado de indivíduos que de forma organizada se dedicavam ao tráfico de estupefacientes nas áreas da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde”, acrescenta.

A PSP refere ainda ter realizado quatro buscas domiciliárias e duas não domiciliárias na área da cidade da Póvoa de Varzim, tendo daí resultado a apreensão de heroína para cerca de 240 doses individuais, cerca de 189 doses de cocaína e haxixe suficiente para 12 doses.

Aquela polícia apreendeu ainda 6.695 euros e “objetos utilizados na venda direta de estupefacientes”.

Já no bairro de Francos, no concelho do Porto, a PSP deteve um homem de 32 anos, residente em Matosinhos, que tinha na sua posse cocaína e heroína suficientes para 94 e 12 doses, respetivamente.

Para além da droga, foram-lhe apreendidos 282 euros em dinheiro.

Na área da Baixa do Porto, a PSP deteve outra pessoa por tráfico de droga, sendo que esta tinha 52 doses de heroína e quatro de cocaína.

Na operação em que foi feita esta detenção, a PSP registou ainda uma infração no âmbito da fiscalização de estabelecimentos de restauração e bebidas, bem como 16 autos de contraordenação “por consumo de bebidas alcoólicas na via pública”.

ACG // LIL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS