Professora do ano detida por suspeitas de pedofilia

Docente considerada professora do ano do ensino secundário nos Estados Unidos da América no ano passado foi detida por suspeita de pedofilia.

Professora do ano detida por suspeitas de pedofilia

Docente considerada professora do ano do ensino secundário nos Estados Unidos da América no ano passado foi detida por suspeita de pedofilia.

Randi Renee Chaverria, uma docente de 36 anos de que trabalhava na escola secundária de Round Rock, no Texas, Estados Unidos da América, foi acusada de ter mantido relações sexuais com um aluno menor de idade. Segundo o canal de televisão FOX 7, a docente premiada em maio como professora do ano «manteve contacto inapropriado com o aluno em várias ocasiões, incluindo em sala de aula». Trocaram também «centenas de mensagens escritas, que serviram de prova» para deter a professora.

LEIA DEPOIS
Violada na escola por três colegas, um deles seropositivo, acaba suspensa

Professora do ano despedida após primeiras suspeitas

Matt Groff, diretor da escola, emitiu um comunicado onde afirma ter despedido a docente mal se levantaram as primeiras suspeitas. Acrescentou que Randi Renee Chaverria foi «proibida de entrar nas instalações da escola». «A nossa preocupação sempre foi garantir um contexto de aprendizagem seguro para os estudantes. Essa pessoa já foi afastada dos nossos alunos e da nossa escola», pode ler-se ainda no documento. Randi Renee Chaverria enfrenta pena de 20 anos de prisão pelo crime de pedofilia. As autoridades policiais avançaram que foi a vítima quem apresentou queixa e levou à prisão da professora.

LEIA MAIS
Mulher mata homem e é vista como «heroína» pela Polícia
Cliente rouba ladrão armado durante assalto [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS