Professora de 32 anos presa 2 anos após relação sexual com aluno de 15

Professora condenada após relação sexual com um aluno de 15 anos por quem diz ter-se apaixonado. Estudante confessou-se arrasado com as exigências sexuais da tutora e chegou a pensar em mutilar o órgão genital.

Professora de 32 anos presa 2 anos após relação sexual com aluno de 15

Professora condenada após relação sexual com um aluno de 15 anos por quem diz ter-se apaixonado. Estudante confessou-se arrasado com as exigências sexuais da tutora e chegou a pensar em mutilar o órgão genital.

Uma professora assistente de 32 anos foi presa depois de ter mantido uma relação sexual com um aluno de 15, por quem diz ter-se apaixonado. O estudante ficou tão «arrasado com as exigências sexuais» da tutora, de 25 anos naquela altura, que, confessou ao juiz, chegou «a pensar mutilar os genitais» para tornar-se «menos atraente» para a mulher. A chocante história do comportamento ilícito de Fay Mcrobbie para com o adolescente, dez anos mais novo do que ela, foi revelada no tribunal, no decorrer da leitura da sentença, que ditou pouco mais de dois anos de prisão.

LEIA DEPOIS
Este menino de 7 anos foi deixado à porta da escola e nunca mais foi visto

Aluno contou em tribunal como o comportamento controlador da professora o afetou de forma «profunda»

Quando o aluno quis terminar a «relação de dois anos», alegando que «já não amava a professora», Mcrobbie terá aceitado, embora relutante, o fim do namoro. Porém, ao descobrir que o rapaz – cuja identidade o tribunal apelou a que não fosse divulgada – teria iniciado uma aproximação com uma rapariga da mesma idade, escreveu uma carta a ameaçar matar-se. A vítima, hoje com 22 anos, expressou em tribunal como o comportamento controlador da docente o afetou de forma «profunda». «Na altura, eu teria feito qualquer coisa para afastá-la de mim. Até considerei a mutilação genital. Pensei que, se não tivesse nada que lhe interessasse, poderia deixar-me em paz.»

LEIA AGORA
Mulher salta de carro em movimento em Videira para fugir a assédio [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS