Produtor de filmes para adultos acusado de abuso sexual a 12 atrizes

Produtor e estrela de filmes para adultos, Ryan Madison é acusado de abuso sexual a atrizes porno. As alegadas vítimas confirmam terem sido atraídas pela mulher dele, Kelly, para «cenas não-consensuais».

Produtor de filmes para adultos acusado de abuso sexual a 12 atrizes

Produtor e estrela de filmes para adultos, Ryan Madison é acusado de abuso sexual a atrizes porno. As alegadas vítimas confirmam terem sido atraídas pela mulher dele, Kelly, para «cenas não-consensuais».

Ryan Madison, veterano da pornografia e patrão da Kelly Madison Productions a meias com a mulher, Kelly, é acusado de obrigar 12 mulheres a cenas de sexo não consensual. Na terça-feira, 8 de julho, foi acusado por várias atrizes porno de ser um «violador em série». Produtor e realizador, bem como ator, a estrela de cinema adulto, de 43 anos, terá usado uma equipa totalmente feminina «para fazê-lo parecer mais confiável».

LEIA DEPOIS
Morte agoniante para a professora acusada de violar aluno de 12 anos

«Ryan Madison é conhecido na indústria de pornografia como violador»

 

Terá sido essa a forma de facilitação para submeter as estrelas de cinema pornográfico a cenas não consensuais. Uma das acusadoras, Kinsley Karter, descreveu a cena dela com ele como um «filme de terror». «Ryan Madison é conhecido na indústria de pornografia como violador», acrescentou outra. Jane Wilde, Arabelle Raphael e Lexi Lore são outras das alegadas vítimas que já confirmaram a acusação.

LEIA AGORA
Suspeita de matar filho autista em Mirandela também se atirou ao poço

Impala Instagram


RELACIONADOS