Prisão preventiva para suspeito de agredir a mãe em Chaves

Prisão preventiva para suspeito de agredir a mãe em Chaves

O Tribunal de Chaves decretou a prisão preventiva a um homem de 32 anos suspeito do crime violência doméstica contra a mãe de 63 anos, disse hoje à agência Lusa fonte da GNR.

O Tribunal de Chaves decretou a prisão preventiva a um homem de 32 anos suspeito do crime violência doméstica contra a mãe de 63 anos, disse este sábado, 13 de abril, à agência Lusa fonte da GNR.

O suspeito foi detido pela GNR na sexta-feira, numa aldeia do concelho de Chaves, distrito de Vila Real, depois de a vítima se ter queixado de injúrias e agressões físicas.

O homem foi presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais grave, a prisão preventiva.

Segundo a fonte da GNR, o suspeito já cumpriu pena de prisão, de cerca de quatro anos, pelos crimes de tráfico e furtos.

Agressão de filhos a pais é o tipo de violência mais escondida em Portugal

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) registou, entre 2013 e 2017, 3.369 casos de pais e mães que pediram ajuda por terem sofrido agressões por parte dos filhos. Ao todo, foram registados por parte das autoridades 7.076 casos criminosos deste tipo.

Dados da APAV revelam que só em 2018 foram recebidos 765 pedidos de ajuda. Em alguns dos casos, os filhos são acusados de violação e tentativa de homicídio.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para domingo, 14 de abril
Dor e emoção de amigos e familiares no velório de Dina (fotos)

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Prisão preventiva para suspeito de agredir a mãe em Chaves

O Tribunal de Chaves decretou a prisão preventiva a um homem de 32 anos suspeito do crime violência doméstica contra a mãe de 63 anos, disse hoje à agência Lusa fonte da GNR.