Médico condenado a 4 anos de prisão por abuso sexual de menor

Médico de 61 anos foi detido pela Polícia do Porto para cumprir 4 anos e 2 meses de prisão por abuso sexual de menor. Os factos ocorreram em 2014.

Médico condenado a 4 anos de prisão por abuso sexual de menor

Médico condenado a 4 anos de prisão por abuso sexual de menor

Médico de 61 anos foi detido pela Polícia do Porto para cumprir 4 anos e 2 meses de prisão por abuso sexual de menor. Os factos ocorreram em 2014.

Médico de 61 anos foi detido quando visitava um amigo no Porto. O homem, que vive na Grande Lisboa, vai cumprir quatro anos e dois meses de prisão por abuso sexual de menor.

O caso remonta a 2014, quando o médico de clínica geral, que trabalhava no Centro de Saúde do Cacém, molestou um jovem de 16 anos.

O arguido foi inicialmente absolvido em 2017, mas o Tribunal da Relação de Lisboa decidiu condená-lo.

Médico não pode recorrer para o Supremo

Por ser condenado a uma pena inferior a oito anos, o arguido não pode recorrer para o Supremo.

Neste momento, o homem encontra-se detido no Estabelecimento Prisional de Custóias, em Matosinhos, que tem uma unidade especial para condenados por crimes sexuais.

LEIA MAIS
Filho de Rosa Grilo não quer ficar com avós maternos
Homem é atacado por cobra venenosa e morde o pulso da esposa para morrerem juntos

Impala Instagram


RELACIONADOS