Primeiro recém-nascido com anticorpos contra a covid-19

Recém-nascido é o primeiro caso registado no mundo a nascer com anticorpos contra o novo coronavírus. Situação foi detetada no sangue do cordão umbilical da criança.

Primeiro recém-nascido com anticorpos contra a covid-19

Primeiro recém-nascido com anticorpos contra a covid-19

Recém-nascido é o primeiro caso registado no mundo a nascer com anticorpos contra o novo coronavírus. Situação foi detetada no sangue do cordão umbilical da criança.

Foi nos Estados Unidos que foi registado o primeiro caso de um recém-nascido que nasceu já com anticorpos contra a covid-19. A mãe, profissional de saúde de profissão, havia tomado a primeira dose da vacina quando já estava em fase avançada de gestação.

investigação, que já foi submetida na plataforma científica medRxiv, explica que a mulher foi imunizada com o fármaco da Moderna assim que completou as 36 semanas e três dias de gravidez. Três semanas depois, deu à luz uma menina num parto normal e espontâneo.

“Demonstrámos que os anticorpos IgG contra a SARS-CoV-2 são detetáveis na amostra de sangue do cordão umbilical de um recém-nascido após uma única dose da vacina Moderna. Assim, há potencial para proteção e redução do risco de infeção de SARS-CoV-2 com a vacinação materna”, explica a equipa responsável pela descoberta.

Apesar do otimismo com estes resultados, os investigadores alertam que se trata de um estudo preliminar e que ainda não foi sujeito a revisão por pares. “Mais estudos serão necessários para perceber a quantidade de anticorpos presentes nos bebés nascidos de mães vacinadas antes do parto”, advertem.

Recentemente, a mãe já foi inoculada com a segunda dose, cumprindo assim o protocolo de vacinação de 28 dias, período de tempo recomendado para a vacina da Moderna.

Impala Instagram


RELACIONADOS