Praticante de base jumping morre no Porto da Cruz, a leste da Madeira

Um praticante de ‘base jumping’ (saltos com paraquedas) morreu hoje no Porto da Cruz, em Machico.

Praticante de base jumping morre no Porto da Cruz, a leste da Madeira

Praticante de base jumping morre no Porto da Cruz, a leste da Madeira

Um praticante de ‘base jumping’ (saltos com paraquedas) morreu hoje no Porto da Cruz, em Machico.

Um praticante de base jumping (saltos com paraquedas) morreu hoje no Porto da Cruz, em Machico, vítima de alegada avaria no paraquedas que não abriu, fazendo-o cair sobre o solo da Penha de Águia. «Qualquer coisa correu mal e o praticante de base jumping caiu, não no mar, mas no solo da parte ribeirinha da Penha de Águia, tendo falecido», disse à Lusa o comandante da Capitania do Porto do Funchal, capitão-de-mar-e-guerra José Luís Cardoso. De acordo com o responsável pela Zona Marítima da Madeira, uma equipa dos Bombeiros Municipais de Machico já chegou ao local por via de uma vereda de difícil acesso e está a equacionar «se o corpo será resgatado por terra ou por mar».

LEIA DEPOIS
Bisonte ataca menina de 9 anos depois de pais ignorarem aviso de perigo [vídeo]

Praticante de base jumping era um norte-americano de 40 anos

O praticante, de nacionalidade norte-americana, tinha cerca de 40 anos de idade. Capitania do Porto do Funchal, Serviço Regional de Proteção Civil, Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal, Polícia Marítima, Bombeiros Municipais de Machico e SANAS tomaram conta da ocorrência que se deu às 13h20 horas.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para domingo, 28 de julho
Sismo nas Filipinas faz pelo menos 8 mortos e 60 feridos

Impala Instagram


RELACIONADOS