Polícia que perdeu uma perna adota um cão sem duas patas

Um polícia de San Diego, nos Estados Unidos da América, perdeu a perna num acidente e adotou um cão que passou por um trauma semelhante ao dele.

Polícia que perdeu uma perna adota um cão sem duas patas

Polícia que perdeu uma perna adota um cão sem duas patas

Um polícia de San Diego, nos Estados Unidos da América, perdeu a perna num acidente e adotou um cão que passou por um trauma semelhante ao dele.

Um detetive da polícia de San Diego, Estados Unidos da América, que perdeu a perna num acidente e passou a usar prótese, adotou um cão que passou por um trauma semelhante ao dele. Chappie Hunter e a família adotaram Chloe, uma Shih Tzu de 9 anos. A cadela sofreu amputação das traseiras amputadas após maus-tratos e foi resgatada por uma ONG animal. Chloe recuperou-se com o apoio da família Hunter e usa igualmente próteses fabricadas à medida pelos veterinários da Sociedade de Bem-Estar Animal Campus. Chappie diz que se identifica com a difícil jornada de recuperação da cadela Chloe.

“Sei como ela se sente”, diz o polícia amputado

Polícia que perdeu uma perna adota um cão sem duas patas
“Tem próteses, como eu tenho, e é bom saber como ela se sente”

Chloe “passou um trauma, assim como eu”. “Tem próteses, como eu tenho, e é bom saber como ela se sente. Só que, na verdade, é ela quem está a ajudar-me”, disse Chappie à Fox News. Agente do Departamento de Polícia de San Diego, perdeu a perna esquerda num acidente de carro em Alpine, há oito anos, e usa uma prótese na perna desde então e acabou por voltar ao trabalho depois de um ano de operações.

Cadela encontrada amarrada com o fluxo sanguíneo suprimido

Polícia que perdeu uma perna adota um cão sem duas patas
Veterinário que operou Chloe diz nunca ter “visto tamanha maldade”

Chloe foi um de dois cães resgatados pela San Diego Humane Society em 6 de março de 2021. Os polícias encontraram-na com um chihuahua de 13 anos, Roxy, numa casa em Mira Mesa. Os animais tinham ambos as patas amarradas de tal forma que o fluxo sanguíneo foi suprimido. Chloe teve de ser amputada. Seth Mathus Ganz, da Agile Veterinary Surgery, foi quem operou os cães e diz nunca ter “visto tamanha maldade”. Chloe recebeu as próteses ortopédicas para ajudá-la a caminhar e Roxy aguarda adoção enquanto recupera de um enxerto de pele numa das patas traseiras.

LEIA AGORA
Terapia inovadora elimina tumor cerebral em criança de 7 anos
Terapia inovadora elimina tumor cerebral em criança de 7 anos
Uma terapia inovadora recentemente descoberta tem sido a aposta promissora de alguns médicos para a cura de alguns tipos específicos de cancro. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS