Polícia acusado de estrangular mulher que o traía ilibado de homicídio pelo Tribunal

O agente da polícia Timothy Brehmer foi acusado de ter estrangulado a enfermeira Claire Parry «furiosamente» momentos depois de ela lhe ter enviado um SMS a assumir que estava a traí-lo.

Polícia acusado de estrangular mulher que o traía ilibado de homicídio pelo Tribunal

O agente da polícia Timothy Brehmer foi acusado de ter estrangulado a enfermeira Claire Parry «furiosamente» momentos depois de ela lhe ter enviado um SMS a assumir que estava a traí-lo.

O polícia Timothy Brehmer foi acusado de ter estrangulado a enfermeira Claire Parry «furiosamente» no seu carro, momentos depois de ela lhe ter enviado uma mensagem de texto a assumir que o traía. «Ando a trair-te.» Esta terça-feira, 27 de outubro, após um julgamento de 12 dias, o agente permaneceu impassível no banco dos réus quando foi absolvido de homicídio pelos jurados após duas horas e 50 minutos de deliberação.

LEIA DEPOIS
Surto «significativo» de coronavírus em fábrica de processamento de carne de peru

Polícia assume homicídio «por acidente»

No entanto, o oficial da Polícia de Dorset enfrenta na mesma pena de prisão, mais leve, por, anteriormente ter admitido ter matado a mulher, mãe de dois filhos. A mãe de Brehmer, Rosalyn Chivers, e a irmã, Kirsten, choraram e abraçaram-se momentos depois do veredicto. Durante o julgamento, Brehmer, de 41 anos, disse aos jurados que estava a «tentar puxar» a mulher «para fora do carro» e que caiu «em cima dela por acidente».

«Lesões cerebrais insuperáveis» levaram a vítima à morte

Timothy assumiu ser «responsável pela morte dela» por «ter usado muita força». «Eu não queria, de todo, matá-la ou provocar-lhe sérios danos corporais. Eu não tinha a intenção de matá-la.» Claire, no entanto, ficou com «lesões cerebrais insuperáveis» depois de estrangulada no estacionamento do pub Horns Inn em West Parley, Dorset, cerca das 15h00 de 9 de maio, tendo morrido no hospital no dia seguinte.

LEIA AGORA
Príncipe Azim do Bornéu amigo de Scarlett Johansson morre aos 38 anos

Impala Instagram


RELACIONADOS