Polícia espanca ex-mulher e familiares com bebé ao colo

Responde pelos crimes de violência doméstica (três) e de ofensas à integridade física (dois). Grávida de gémeos, a mulher ouviu frases como: “Mexe-te que estás a ficar muito gorda”.

Polícia espanca ex-mulher e familiares com bebé ao colo

Polícia espanca ex-mulher e familiares com bebé ao colo

Responde pelos crimes de violência doméstica (três) e de ofensas à integridade física (dois). Grávida de gémeos, a mulher ouviu frases como: “Mexe-te que estás a ficar muito gorda”.

Os crimes duraram dois anos – entre 2017 e 2019. O agressor é um agente da PSP e, de acordo com a acusação do Ministério Público, agrediu e humilhou a companheira por diversas vezes. O relato dos ataques à vítima impressiona. Uma das situações mais graves aconteceu no dia 31 de agosto de 2019, altura em que o casal já estava separado, durante uma visita aos filhos gémeos do casal.

A vítima marcou o encontro numa pastelaria em Samora Correia. O agente da PSP queria levar as crianças para a rua e ao ser contrariado acabou por pegar num dos meninos e bater na ex-companheira com bastante violência. Os pais da vítima também foram agredidos a murro. Tudo isto em frente aos meninos, com um deles no colo do agressor.

«Estou contigo por caridade»

O polícia começou nesta segunda-feira, 10 de maio, a ser julgado no Tribunal de Almada. Responde pelos crimes de violência doméstica (três) e de ofensas à integridade física (dois). Por diversas vezes, o agente da PSP insultou a ex-companheira. “És uma mosca morta. Não me serves para nada. Estou contigo por caridade“, disse. Grávida de gémeos, a mulher ouviu frases como: “Mexe-te que estás a ficar muito gorda“.

O homem está sujeito a apresentações semanais numa esquadra da polícia e proibido de contactar, seja de que forma for, com a vítima. O Ministério Público propõe pena acessória de proibição de uso e porte de armas, de obrigação de frequência de programas de prevenção de crimes de violência doméstica e ainda inibição de poder parental dos filhos menores.

LEIA AINDA
Arranca unhas a colega de escola após discussão sobre sapatilhas
Arranca unhas a colega de escola após discussão sobre sapatilhas
Durante o espancamento, a mais velha teve, pelo menos, as unhas de seis dedos arrancadas. “A PSP fez participação ao tribunal. Ela vai ser severamente punida”, assegurou o diretor do agrupamento. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS