Polícia brasileiro morre após noite louca de sexo com 10 mulheres

De acordo com alguns funcionários do motel, o agente chegou ao local com 10 acompanhantes do sexo feminino na noite de quinta-feira e alugou duas suítes.

Polícia brasileiro morre após noite louca de sexo com 10 mulheres

Polícia brasileiro morre após noite louca de sexo com 10 mulheres

De acordo com alguns funcionários do motel, o agente chegou ao local com 10 acompanhantes do sexo feminino na noite de quinta-feira e alugou duas suítes.

Luis Antônio Reis, agente da Polícia Civil de São Paulo, decidiu celebrar os 50.º aniversário em grande estilo e decidiu levar dez mulheres para um motel de encontros em São Bernardo do Campo, cidade vizinha àquela capital estadual brasileira. Apesar vários motivos para festejar, a verdade é que a noite terminou de forma trágica. Depois de uma noite repleta de sexo, álcool e ingestão de estimulantes sexuais, acabou por morrer na manhã desta sexta-feira, sendo o corpo encontrado no quarto daquela unidade.

Foram algumas das mulheres que o acompanhavam que deram o alerta, quando perceberam que o polícia, que aparentemente dormia depois de uma noite de loucuras, não despertava. As mulheres ligaram para a receção do motel, que chamou a polícia e os bombeiros, mas quando o socorro chegou já não havia nada a fazer para além de remover remover o cadáver do homem.

Dez mulheres, duas suítes e muitos estimulantes sexuais

De acordo com alguns funcionários do motel, o agente chegou ao local com 10 acompanhantes do sexo feminino na noite de quinta-feira e alugou duas suítes. Numa ficaram seis mulheres, na outra quatro. A festa, descrita como audível a várias dezenas de metros, durou até de manhã, altura em que o homem terá sucumbido.

A polícia que esteve no local dá conta de que não havia qualquer sinal de violência. Tendo em conta o depoimento de algumas das acompanhantes, especula-se que o homem possa ter morrido em função da ingestão exagerada de estimulantes sexuais, usados para conseguir satisfazer tantas parceiras. Certezas só após o resultado da autópsia.

LEIA AINDA
Canibal de Ventas condenado a 15 anos de prisão por esquartejar e comer a mãe
Canibal de Ventas condenado a 15 anos de prisão por esquartejar e comer a mãe
Canibal de Ventas terá cortado o corpo da mãe com um serrote e facas de cozinha e ter-se-á alimentado da carne durante 15 dias. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS