Mulher que agrediu filhas em público obrigada a usar etiqueta «Pior mãe de sempre»

Mãe de duas crianças condenada a usar etiqueta no Natal com a inscrição «Pior mãe de sempre», depois de agredir a filha mais nova e de socar a mais velha, em público.

Mulher que agrediu filhas em público obrigada a usar etiqueta «Pior mãe de sempre»

Mãe de duas crianças condenada a usar etiqueta no Natal com a inscrição «Pior mãe de sempre», depois de agredir a filha mais nova e de socar a mais velha, em público.

Hayley Wejs, de 32 anos, agrediu violentamente a filha de dez anos, batendo-lhe com a cabeça contra a janela de um carro, e socou a outra, de 13 anos. As duas crianças, filhas de pais divorciados, relataram os ataques ao pai – com quem moram, em Wythenshawe, Manchester – depois de passarem o fim de semana com a mãe.

LEIA DEPOIS
Enfermeira inglesa detida por matar 8 bebés e tentar matar outros 9

Mãe condenada também a 3 meses de prisão e será obrigada a recolher obrigatório

Os serviços sociais e a Polícia detiveram Wejs e o tribunal de Minshull Street Crown, de Manchester, condenou-a a usar uma etiqueta colocada na roupa, em local bem visível, durante três meses. Hayley Wejs está ainda obrigada a recolher obrigatório entre as 21h00 e as 07h00. Foi também sentenciada a três meses de prisão, com suspensão por um ano, e a cumprir 12 dias obrigatórios de reabilitação para autores de maus-tratos.

LEIA AGORA
Homem investigado por crimes sexuais assassinado com tiros nos olhos

Impala Instagram


RELACIONADOS