Pelo menos 49 mortos em incêndio numa fábrica no Bangladesh

Pelo menos 49 pessoas morreram num incêndio numa fábrica de produtos alimentares perto de Daca, capital do Bangladesh, disse hoje uma fonte oficial à agência de notícias Efe.

Pelo menos 49 mortos em incêndio numa fábrica no Bangladesh

Pelo menos 49 mortos em incêndio numa fábrica no Bangladesh

Pelo menos 49 pessoas morreram num incêndio numa fábrica de produtos alimentares perto de Daca, capital do Bangladesh, disse hoje uma fonte oficial à agência de notícias Efe.

Pelo menos 49 pessoas morreram num incêndio numa fábrica de produtos alimentares perto de Daca, capital do Bangladesh, disse hoje uma fonte oficial à agência de notícias Efe.

“Já recuperámos 49 corpos e estes foram encaminhados para a realização de autópsia. Não temos certeza de quantas pessoas estarão desaparecidas”, disse Abdullah Arefin, diretor adjunto do Serviço de Bombeiros e Defesa Civil de Narayanganj, a área onde deflagrou o incêndio.

De acordo com a agência de notícias AP, um funcionário do serviço de bombeiros confirmou que o incêndio começou na quinta-feira à noite na fábrica de cinco andares da Hashem Food and Beverage Ltd., em Rupganj, no distrito de Narayanganj, nos arredores de Daca.

O incêndio, que começou na tarde de quinta-feira, continua ativo 24 horas depois do seu início, segundo a agência de notícias AFP.

Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas, incluindo um grande número de trabalhadores que saltaram de andares altos para escapar das chamas.

A polícia afirmou que os socorristas continuam a tirar corpos do prédio.

Detalhes sobre a causa do incêndio, quantas pessoas estavam dentro da fábrica e quantas estão desaparecidas não são ainda conhecidos.

 

 

LEIA AINDA
O total de mortes associadas à covid-19 nos Estados Unidos ultrapassou hoje a barreira das 400.000 a poucas horas de Donald Trump deixar a Casa Branca e cuja gestão da crise pandémica foi considerada um "fracasso" por especialistas sanitários.
Covid-19: Livro afirma que Trump sugeriu enviar doentes para Guantánamo
Um livro de dois jornalistas do Washington Post afirma que o ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump propôs o envio de norte-americanos regressados da Ásia com covid-19 para a base de Guantánamo, em Cuba. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS