Pelo menos 20 mortos em sismo de magnitude 5,4 na Indonésia

Um sismo de magnitude 5,4 atingiu hoje Cianjur, na província indonésia de Java Ocidental, provocando pelo menos 20 mortos e 300 feridos, segundo um responsável local, além de danos significativos a casas e infraestruturas.

Pelo menos 20 mortos em sismo de magnitude 5,4 na Indonésia

Pelo menos 20 mortos em sismo de magnitude 5,4 na Indonésia

Um sismo de magnitude 5,4 atingiu hoje Cianjur, na província indonésia de Java Ocidental, provocando pelo menos 20 mortos e 300 feridos, segundo um responsável local, além de danos significativos a casas e infraestruturas.

“De acordo com as informações que tenho no momento, quase 20 pessoas morreram e pelo menos 300 estão a ser tratadas. A maioria partiu ossos depois de ter ficado presa nos escombros de prédios”, disse Herman Suherman, chefe da administração municipal de Cianjur, ao canal de televisão Metro TV.

A província de Java Ocidental, com quase 50 milhões de habitantes, é a mais populosa da Indonésia.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês), que acompanha a atividade sísmica em todo o mundo, registou o terramoto às 13:21 (06:21 em Lisboa) e localizou o epicentro a 16,7 quilómetros da cidade de Cianjur, que tem uma população de cerca de 170.000 pessoas.

Em outros vídeos que circulam na Internet, é possível ver pessoas em macas num hospital da região e várias outras a receber atendimento médico.

O terramoto também causou danos a várias residências e infraestruturas nos arredores de Cianjur, que fica a cerca de 75 quilómetros de Jacarta, onde os moradores também sentiram os tremores, segundo relatos de usuários nas redes.

Por sua vez, a Agência de Meteorologia, Climatologia e Geofísica da Indonésia (BMKG) estimou a magnitude do abalo em 5,6 e descartou um perigo “potencial para ‘tsunami'”.

Na sexta-feira, um sismo de magnitude 6,9 sacudiu a costa oeste da Indonésia e o epicentro foi localizado perto da pequena ilha de Enggano.

A Indonésia, com cerca de 275 milhões de habitantes, fica no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica na qual são registados cerca de 7.000 terramotos a cada ano, a maioria deles moderados.

CSR (JSD) // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS