Pelo menos 20 mortos e 48 feridos em explosão de bomba no Paquistão

Pelo menos 20 mortos e 48 feridos em explosão de bomba no Paquistão

Pelo menos 20 pessoas morreram e 48 ficaram feridas hoje no Paquistão na explosão de uma bomba na cidade de Quetta, num ataque atribuído a talibãs paquistaneses, anunciou um governante.

Quetta, Paquistão, 12 abr 2019 (Lusa) – Pelo menos 20 pessoas morreram e 48 ficaram feridas hoje no Paquistão na explosão de uma bomba na cidade de Quetta, capital da província do Baluchistão, num ataque atribuído a talibãs paquistaneses, anunciou hoje o ministro provincial.

O anterior balanço das autoridades paquistanesas apontava para 16 mortos e 30 feridos na sequência da explosão.

De acordo com a agência de notícias France-Presse, uma fação de talibãs paquistaneses reivindicou o ataque realizado com o apoio do grupo extremista sunita Lashkar-e-Jhangvi, responsável por vários ataques contra xiitas no Paquistão.

No entanto, o grupo Lashkar-e-Jhangvi não reivindicou diretamente o ataque.

Quetta é a capital da província do Baluchistão, onde vários grupos rebeldes operam, incluindo os talibãs paquistaneses, ligados ao grupo extremista Estado Islâmico, cuja base se encontra do outro lado da fronteira, no Afeganistão.

Em 20 de março, pelo menos seis elementos das forças paramilitares paquistanesas morreram no sudoeste do Paquistão, num ataque dos talibãs a um posto de segurança na província do Baluchistão, anunciaram as autoridades locais.

No inicio desta semana, pelo menos três pessoas morreram e sete ficaram feridas num atentado à bomba contra um comboio que provocou o descarrilamento de várias carruagens, também na província do Baluchistão.

SYSC (MIM/FST/HN)// ANP

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Pelo menos 20 mortos e 48 feridos em explosão de bomba no Paquistão

Pelo menos 20 pessoas morreram e 48 ficaram feridas hoje no Paquistão na explosão de uma bomba na cidade de Quetta, num ataque atribuído a talibãs paquistaneses, anunciou um governante.