Passageiros dos Estados Unidos e Canadá passam a utilizar ‘e-gates’ nos aeroportos

Os passageiros dos Estados Unidos e Canadá podem utilizar a partir de hoje, na chegada a Portugal, as portas tecnológicas de controlo de fronteiras (e-gates) e os aeroportos de Lisboa e Porto foram reforçados com 25 inspetores do SEF.

Passageiros dos Estados Unidos e Canadá passam a utilizar 'e-gates' nos aeroportos

Passageiros dos Estados Unidos e Canadá passam a utilizar ‘e-gates’ nos aeroportos

Os passageiros dos Estados Unidos e Canadá podem utilizar a partir de hoje, na chegada a Portugal, as portas tecnológicas de controlo de fronteiras (e-gates) e os aeroportos de Lisboa e Porto foram reforçados com 25 inspetores do SEF.

Estas duas novas medidas entraram hoje em vigor e constam do Plano de Contingência Verão IATA 2022, implementado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) com o apoio operacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), anunciou em comunicado o Ministério da Administração Interna (MAI).

Estes medidas são anunciadas após se terem registado longas filas e horas de espera por parte dos passageiros de voos de fora da União Europeia na chegada a Lisboa.

Segundo o MAI, os passageiros oriundos dos Estados Unidos da América e do Canadá podem utilizar, na chegada a Portugal, as portas tecnológicas de controlo de fronteira (e-gates) no âmbito do Sistema de Reconhecimento Automático de Passageiros Identificados Documentalmente (RAPID4ALL).

O Ministério tutelado por José Luís Carneiro precisa que esta medida está desde hoje em vigor nos aeroportos internacionais de Lisboa e de Ponta Delgada (ilha de São Miguel, Açores), sendo alargada posteriormente aos do Porto e de Faro.

O MAI avança também que mais 25 inspetores do SEF afetos a funções de controlo de fronteiras entraram hoje em funções nos aeroportos de Lisboa (10) e do Porto (15), como estava previsto no Plano de Contingência Verão IATA 2022.

CMP // ZO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS