Partido Chega venceu onde há menos poder de compra

Chega elegeu um deputado pela primeira vez desde a criação do partido.

Partido Chega venceu onde há menos poder de compra

Partido Chega venceu onde há menos poder de compra

Chega elegeu um deputado pela primeira vez desde a criação do partido.

O partido Chega teve melhores resultados nas eleições legislativas de domingo onde há menos poder de compra, serviços de saúde, sendo a criminalidade mais baixa que no resto do país, segundo o portal EyeData. Neste portal, os resultados eleitorais de cada partido são divididos em três, permitindo ver qual o terço dos concelhos em que cada partido obteve os melhores resultados, os piores resultados e o resultado médio.

LEIA DEPOIS

Previsão do tempo para esta terça-feira, 8 de outubro

Depois, no mesmo portal é possível cruzar esses resultados com um vasto conjunto de variáveis económicas e sociais que permitem caracterizar, em termos médios, como são os concelhos onde os partidos tiveram melhores ou piores resultados.

Ambiente

Em termos de ambiente, os concelhos onde o Chega obteve os melhores resultados nas eleições legislativas de domingo caracterizam-se por um consumo de energia inferior em 4,3% à média nacional (4.424,66 kWh/hab comparados com 4.621,62 kWh/hab) e um baixo grau de área ardida (2,38%, o que compara com a média nacional de 6,06%).

A quantidade de resíduos urbanos recolhidos por habitante é superior em 8,6% à média nacional, sendo de 528,96 quilos por habitante no terço onde o Chega obteve melhor resultado e de 487,29 na média nacional, algo que também se reflete nas despesas por município em ambiente, já que corresponde a 9,79% do total onde a CDU tem melhor resultado, e 8,92% na média nacional.

Demografia

Nos concelhos onde o Chega teve melhor resultado, a percentagem de população com mais de 65 anos é praticamente idêntica à da média nacional, sendo de 21,52%, quando a média nacional é de 21,67%. Já na percentagem de população com menos de 15 anos, a média nacional é de 13,77% e o terço onde o Chega tem melhor comportamento eleitoral é de 14,78%.

O número de divórcios em cada 100 casamentos é superior ao da média nacional, sendo de 71,27 nos concelhos com melhor performance do Chega, o que compara com 64,06 a nível nacional. A nível de nascimentos fora do casamento, o valor é superior em 13,6%, correspondentes a 63,45% no terço onde o Chega teve melhores resultados, e 55,87% a nível nacional.

A população estrangeira residente corresponde a 6,83% do total onde o Chega obteve melhores resultados, ao passo que corresponde a 4,64% em termos nacionais, e o número médio de filhos é de 1,42 por mulher, em média, a nível nacional, sendo de 1,54 no terço de concelhos onde o Chega obteve melhor resultado.

Economia

Nos concelhos onde o Chega obteve melhor resultado, o poder de compra ‘per capita’ (por pessoa) é inferior em 0,9% à média nacional (número índice de 99,30 face a 100,22 a nível nacional). O volume de negócios de empresas do setor secundário e terciário é inferior à média nacional (em 31,9% e 13,1% respetivamente) onde o Chega obteve melhores resultados, mas as empresas do setor primário têm um volume de negócios superior à média nacional em 25,2%. O Chega tem também melhores resultados onde o número de desempregados inscritos é menor (4,66%).

A média do número de empresas com atividades de saúde humana e apoio social por 1.000 habitantes é menor nos concelhos onde o Chega teve melhor resultado, sendo de 8,33 nesses concelhos e 9,21 na média nacional.

Educação

A taxa de retenção no ensino básico (6,22%) é superior à média nacional (5,10%) nos concelhos onde o Chega teve melhor performance. Por outro lado, a percentagem de população com mais de 15 anos que tem o ensino secundário é superior em 19,9% à média nacional nos concelhos onde o Chega tem o melhor resultado (33,55% face a 30,53%).

Esta tendência é repetida também na percentagem de empregadores com pelo menos o ensino secundário, já que a média nacional é de 50%, mas de 52,82% nos concelhos onde o Chega obtém melhor resultado.

O Chega tem ainda melhores resultados onde o número de escolas secundárias por 10 mil habitantes é menor face à média nacional (0,75 para 0,94), o mesmo sucedendo com as escolas básicas (6,02 para 6,66) e com as creches (5,17 para 5,67).

Sociedade

O número de hospitais (públicos ou privados) é menor nos locais onde o Chega obteve melhores resultados nas eleições de domingo, sendo de 1,53 nesses concelhos e a média nacional de 2,19. A saúde é um fator determinante ainda no número de médicos por 1.000 habitantes, que é de 3,65 onde o partido liderado por André Ventura obteve melhores resultados e de 5,22 a nível nacional, em média.

A percentagem de beneficiários de Rendimento Social de Inserção é menor em 17,1% nos concelhos onde o Chega teve melhor resultado, já que é de 2,65% nestes casos e de 3,20% a nível nacional. O crime é também menor onde o Chega tem melhores resultados, já que os delitos criminais registados na Polícia Judiciária (PJ) por 10.000 habitantes são, em média, de 15,36 nestes concelhos e 18,81 a nível nacional.

O mesmo sucede com os crimes registados por todas as forças policiais por 10 mil habitantes, sendo de 317,07 onde o Chega tem mais apoio e de 321,58 na média nacional. A despesa em cultura e desporto é também menor onde o Chega tem melhores resultados (9,56%) do que a nível nacional (10,26%).

LEIA MAIS

Legislativas: Taxa de abstenção regista novo recorde

Impala Instagram


RELACIONADOS