Papa divulgará a 27 de janeiro se Jornadas Mundiais da Juventude serão em Portugal

O secretário-geral da Conferência Episcopal Portuguesa disse hoje que o papa irá divulgar a 27 de janeiro se a candidatura portuguesa foi a escolhida para organizar as Jornadas Mundiais da Juventude em 2022.

Papa divulgará a 27 de janeiro se Jornadas Mundiais da Juventude serão em Portugal

Papa divulgará a 27 de janeiro se Jornadas Mundiais da Juventude serão em Portugal

O secretário-geral da Conferência Episcopal Portuguesa disse hoje que o papa irá divulgar a 27 de janeiro se a candidatura portuguesa foi a escolhida para organizar as Jornadas Mundiais da Juventude em 2022.

O padre Manuel Barbosa falava aos jornalistas após a reunião do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), que decorreu em Fátima.

A ligação e o bom relacionamento com países de África poderão ser “mais-valias” na candidatura, admitiu o porta-voz da CEP, assim como a “hospitalidade” nacional.

Em dezembro, o ‘site’ Religionline avançou que as Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) de 2022, presididas pelo papa, vão realizar-se em Portugal, adiantando que a região de Lisboa “acolherá os atos principais, nomeadamente o fim de semana de celebração.

O Religionline, que citava “várias fontes eclesiásticas”, afirmava que o anúncio oficial será feito no Panamá, nas próximas JMJ, que decorrem de 23 a 27 de janeiro, e nas quais estará presente o cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, e outros bispos portugueses, para receberem a passagem de testemunho do papa e do bispo da Cidade do Panamá.

“Nessa ocasião, o patriarca de Lisboa, acompanhado de uma delegação de jovens portugueses e de Lisboa, receberá a cruz das jornadas — o mais importante símbolo das JMJ, que os jovens do país de acolhimento transportarão e que servirá de centro para diferentes iniciativas, ao longo do tempo de preparação”, lia-se no ‘site’ de informação religiosa católica.

O cardeal patriarca de Lisboa oficializou o pedido para receber a JMJ no final de 2017 e desde 2012 que em várias reuniões do Conselho Pontifício para os Leigos (CPL), do Vaticano, a hipótese de Portugal tem estado a ser pensada, segundo o ‘site’.

As anteriores edições da JMJ realizaram-se em Colónia, na Alemanha, em 2005, Sidney, na Austrália, em 2008, em Madrid, em 2011, com o papa Bento XVI, no Rio de Janeiro, em 2013, e em Cracóvia, na Polónia, em 2016, com o atual pontífice.

~

EYC/GC (NL)// HB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS