Pais entregam filhos a sem-abrigo para poderem «descansar»

Um casal deixou os dois filhos, de dois e três anos, num acampamento de sem-abrigos, na Ucrânia, para poderem «descansar».

Pais entregam filhos a sem-abrigo para poderem «descansar»

Pais entregam filhos a sem-abrigo para poderem «descansar»

Um casal deixou os dois filhos, de dois e três anos, num acampamento de sem-abrigos, na Ucrânia, para poderem «descansar».

Um casal deixou os dois filhos, de dois e três anos, num acampamento de sem-abrigos, na Ucrânia, para poderem «descansar». Os bebés viveram durante uma semana com desconhecidos com problemas de álcool. O jornal britânico Mirror falou com os pais das crianças que dizem que se queriam «livrar das crianças para poderem descansar um pouco».

LEIA DEPOIS
Médico faz aborto na mulher errada

«As crianças viviam como o ‘Mogli’»

Os meninos foram deixados sem roupa e calçado. «Os pais disseram que iam a uma loja para comprar comida e voltariam em 20 minutos», conta Sergey, de 42 anos, sem-abrigo, à mesma publicação. O alerta chegou às autoridades através de uma mulher que ao passar pelo acampamento reparou nos bebés.

A polícia foi até ao local com uma equipa médica. «As crianças viviam como o ‘Mogli’ [filme protagonizado por uma criança que é criada por uma alcateia]», revelou a força de segurança à imprensa. Os meninos bebiam água do rio e procuravam comida nos caixotes do lixo.

Pais arriscam pena de prisão até cinco anos

Os pais foram interrogados pela polícia e disseram que «se cansaram de cuidar dos meninos e precisavam descansar um pouco». Os serviços sociais vão agora processar os progenitores que podem enfrentar uma pena de prisão até cinco anos, caso sejam considerados culpados. As crianças encontram-se num orfanato, enquanto o tribunal decide o seu rumo.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quinta-feira, 26 de setembro

Impala Instagram


RELACIONADOS