Mata filho por ter comido frango demais

Discussão entre pai e filho a comer e a ver uma emissão desportiva acabou de forma trágica e inesperada por causa do que iam comendo, frango.

Mata filho por ter comido frango demais

Mata filho por ter comido frango demais

Discussão entre pai e filho a comer e a ver uma emissão desportiva acabou de forma trágica e inesperada por causa do que iam comendo, frango.

Um homem foi condenado a 20 anos de prisão por ter alvejado mortalmente o próprio filho em Selma, no estado de Alabama, nos Estados Unidos. Ambos começaram a discutir pois o jovem comeu demasiadas asas de frango que o progenitor estava a apreciar enquanto viam no sofá da sala uma partida de hóquei no gelo.

LEIA DEPOIS
Quem são os jogadores mais valiosos da Liga NOS em cada posição

Talvez «o frango fosse mesmo muito bom», ironiza advogado

John Louis Caver, de 77 anos, enfrentou os tribunais durante dois anos. A esposa estava em casa e ainda tentou separar os familiares, mas sem sucesso. O homem usou uma arma para dar um tiro no peito ao filho. Citado pela Sky News, o advogado disse que talvez «o frango fosse mesmo muito bom» para causar uma discussão daquela proporção.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sábado, 3 de agosto
Sucesso nos Estados Unidos embala Benfica para a Supertaça

Impala Instagram


RELACIONADOS