Espanca padre após o apanhar a assediar filho de 9 anos

O pai de uma criança de nove anos espancou um padre na passada quarta-feira depois de o apanhar a tocar de forma inapropriada no filho numa paragem de autocarro.

Espanca padre após o apanhar a assediar filho de 9 anos

Espanca padre após o apanhar a assediar filho de 9 anos

O pai de uma criança de nove anos espancou um padre na passada quarta-feira depois de o apanhar a tocar de forma inapropriada no filho numa paragem de autocarro.

O pai de uma criança de nove anos espancou um padre na passada quarta-feira depois de o apanhar a tocar de forma inapropriada no filho numa paragem de autocarro em Oklahoma City, nos Estados Unidos da América. A criança disse aos pais que já tinha visto o padre Michael Coghill, de 33 anos, a correr na área várias vezes e que este o tinha “tocado de forma inapropriada” na paragem de autocarro, na segunda-feira, escreve o Daily Mail.

O pai do menino decidiu fazer justiça pelas próprias mãos e, na quarta-feira, foi até à paragem de autocarro com o filho. Estacionou o carro perto do local e esperou que Coghill aparecesse, tendo depois registado em vídeo o momento em que o padre assedia o filho. Após gravar o momento, dirigiu-se a Coghill e espancou-o, deixando-o com uma fratura no crânio e um olho negro.

«É simplesmente repugnante»

Espanca padre após de o apanhar a assediar filho de 9 anos
Michael Coghill

Coghill acabou por ser detido no Centro de Detenção de Oklahoma City e acusado de “ato indecente contra criança”, após o pai mostrar o vídeo às autoridades. A polícia não respondeu se o pai da criança foi acusado de atacar o padre. O padre pertencia à Igreja de Cristo de Lakehoma e não morava perto da zona onde terá assediado a criança. O incidente deixou os vizinhos em choque. “É simplesmente repugnante. Ele sabia todos os dias a que horas é que a criança estaria lá, essa é a parte mais nojenta”, disse Lisa Ward, que testemunhou o incidente, ao News9.

A Igreja de Cristo de Lakehoma divulgou uma declaração a condenar as ações de Coghill e a informar que foi “dispensado das suas funções”. O perfil de Coghill já foi removido do site da igreja.

LEIA AINDA
Bispo renuncia à Igreja por amor a autora de livros eróticos

Impala Instagram


RELACIONADOS