Oito mortos e 18 feridos graves na “Operação Ano Novo”

Oito mortos e 18 feridos graves em acidentes de viação é o balanço mais recente da Operação “Ano Novo” da Guarda Nacional Republicana (GNR), que começou em 28 de dezembro.

Oito mortos e 18 feridos graves na

Oito mortos e 18 feridos graves na “Operação Ano Novo”

Oito mortos e 18 feridos graves em acidentes de viação é o balanço mais recente da Operação “Ano Novo” da Guarda Nacional Republicana (GNR), que começou em 28 de dezembro.

De acordo com o oficial de serviço da GNR, entre sexta-feira e as 12:00 de hoje morreram nas estradas portuguesas oito pessoas e outras 18 ficaram gravemente feridas.

Além dos acidentes de viação, entre o dia 28 de dezembro e as 08:00 de hoje a GNR fiscalizou 28.460 condutores, tendo detetado 458 a conduzir alcoolizados.

A operação da GNR levou à detenção de 167 pessoas por estarem a conduzir com uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l.

Nos últimos cinco dias, a GNR deteve outras 67 pessoas por conduzirem sem habilitação legal.

Da Operação Ano Novo resultaram ainda 7.629 contraordenações rodoviárias, com destaque para os casos de excesso de velocidade (2.930), falta de inspeção periódica obrigatória (388) e falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças (343).

A GNR detetou ainda 262 veículos com problemas nos sistemas de iluminação e sinalização e multou 233 condutores por estarem ao telemóvel.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS