Número de detidos em operação da PSP a crimes de burla e roubo a idosos sobe para 12

O número de detidos na operação da PSP, que decorreu em várias zonas do país, envolvendo crimes de burla e roubos contra idosos subiu para 12, tendo sido apreendidas cerca de mil joias, avaliadas em 200 mil euros.

Número de detidos em operação da PSP a crimes de burla e roubo a idosos sobe para 12

Número de detidos em operação da PSP a crimes de burla e roubo a idosos sobe para 12

O número de detidos na operação da PSP, que decorreu em várias zonas do país, envolvendo crimes de burla e roubos contra idosos subiu para 12, tendo sido apreendidas cerca de mil joias, avaliadas em 200 mil euros.

Num balanço final feito esta tarde, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) refere, em comunicado, que no âmbito da operação “SANAKAY”, que decorreu nos distritos de Lisboa, Porto, Aveiro, Setúbal e Portalegre, foram detidas sete mulheres e cinco homens, com idades compreendidas entre os 26 e os 48 anos.

Os 12 detidos são suspeitos da prática de vários crimes de furto qualificado, burla qualificada, roubo e associação criminosa.

Fora do âmbito desta investigação, as autoridades detiveram também, na sequência das buscas domiciliárias, um homem por posse de armas ilegais.

Numa primeira nota divulgada ao início da manhã, a PSP explicava que os suspeitos atuavam sobretudo junto da população mais idosa, aproveitando-se das suas vulnerabilidades para conquistarem a sua confiança, fazendo-se passar por funcionários da Segurança Social e de centros de saúde para conseguir aceder às residências, de onde levaram sobretudo ouro e dinheiro.

A operação “SANAKAY” envolveu cerca de 150 elementos policiais, contando igualmente com o apoio da GNR nas áreas da sua competência territorial.

O Cometlis explica que a investigação permitiu levar a cabo uma “operação de grande envergadura em diferentes pontos do país, atendendo à dispersão geográfica dos suspeitos e dos ilícitos por eles praticados”, com especial incidência nos distritos de Lisboa, Porto, Aveiro, Setúbal e Portalegre.

Na sequência desta operação, as autoridades apreenderam cerca de mil joias e peças em ouro, avaliadas em cerca de 200 mil euros, seis viaturas de gama alta, 44 mil euros em numerário, centenas de artigos de vestuário, três armas de fogo ilegal e telemóveis.

No total, a operação visou cumprir 44 mandados de busca e 18 mandados de detenção por crimes de burlas qualificadas, roubos, furtos e recetação de material de proveniência ilícita.

FAC (SO) // MCL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS