Tem até ao final do mês para ver uma nota de 500 euros ao vivo

Tem até ao final do mês para ver uma nota de 500 euros ao vivo

A maior das notas, arroxeada e de tamanho pouco comum vão começar a desaparecer. Se ainda não viu notas de 500 euros ao vivo tem até ao final do mês.

É oficial: as notas de 500 euros vão sair de circulação no final deste mês de janeiro. São poucas as pessoas que tiveram a oportunidade de a utilizar. A partir de 27 de janeiro, os bancos nacionais públicos de cada país vão reter as notas de 500 euros que cheguem à sua posse. À exceção de Áustria e Alemanha. O pedido é do Banco Central Europeu [BCE].

Esta medida, segundo o El País , visa evitar a prática de «atividades ilícitas», como branqueamento de capitais e fuga ao fisco, tráfico de drogas ou terrorismo. Pela Europa circulam 521 milhões destas notas, sendo que os espanhóis chegaram a acumular 26% das mesmas.

LEIA MAIS: Mata bebé e entrega-o à mãe dizendo que estava a dormir

Perante este risco de facilitação de práticas ilegais, o Banco Central Europeu avançou com o fim da sua distribuição. Em 2013, Mario Draghi, presidente do BCE, defendia a utilização destas notas por cumprirem «um papel enquanto depósito de valor, meio de pagamento e retenção de ativos».

Fontes do BCE afirmam que a retirada de circulação destas notas vai mesmo acontecer ainda durante este mês de janeiro. Assim que derem entrada num banco central dentro da zona euro, as notas de 500 euros ficarão retidas. No entanto, as notas continuam a circular e a ser de uso legal, podendo ser usadas como forma de pagamento. Quem quiser, poderá proceder à sua troca nos balcões dos bancos comerciais ou nas tesourarias do Banco de Portugal (BdP).

O Banco Federal da Alemanha e ao Banco Nacional da Áustria não vão retirar as notas de 500 euros. Como causas apresentadas, defendem que pretendem garantir «uma transição harmoniosa» e por «razões logísticas». Ambos vão continuar a reintroduzir estas notas no mercado até 26 de abril de 2019 uma vez que apresentam uma utilização mais frequente.

Notas de 500 euros apelidadas de Bin Laden

Em Novembro de 2018 existiam 521,3 milhões de euros de 500 euros em circulação na Europa. Este número representa uma diminuição significativa face aos 611,8 milhões que circulavam em Janeiro de 2016, pouco antes de o BCE ter anunciado que iria deixar de emitir notas deste valor.

Devido ao facto de todas as pessoas conhecerem esta nota, mas poucos a terem visto e utilizado, a nota de 500 euros recebeu a alcunha de Bin Laden.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Texto: Redação WIN - Conteúdos Digitais

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Tem até ao final do mês para ver uma nota de 500 euros ao vivo

A maior das notas, arroxeada e de tamanho pouco comum vão começar a desaparecer. Se ainda não viu notas de 500 euros ao vivo tem até ao final do mês.