Netflix: oferta de acesso gratuito é fraudulenta

Um novo golpe está a circular na internet, principalmente através de mensagens de WhatsApp.

Netflix: oferta de acesso gratuito é fraudulenta

Netflix: oferta de acesso gratuito é fraudulenta

Um novo golpe está a circular na internet, principalmente através de mensagens de WhatsApp.

Nova fraude oferecendo 1 ano de Netflix circula pela internet. Neste novo golpe, vários utilizadores da Netflix estão a receber mensagens através do WhatsApp, oferecendo um ano de conteúdos grátis.

Falso Netflix: se o utilizador preencher o formulário corre o risco de ter os seus dados roubados

Contudo, esta mensagem é falsa. Nada do que contém esta mensagem é verdadeiro e o link, falso, existente na mensagem remete para uma página semelhante à da Netflix, que é uma cópia.

LEIA MAIS: Islândia acaba de matar baleia em vias de extinção

Se o utilizador seguir os passos da mensagem corre o risco de ter os seus dados roubados. Já não é a primeira vez que algo acontece a esta e outras marcas de conteúdos de TV e NET. Esteja atento e não se deixe enganar!

TAMBÉM LHE PODE INTERESSAR
CASA PIA – «E Agora?» [a reportagem que está a relançar todas as dúvidas sobre o Processo]

Por que dá o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem razão a Carlos Cruz em parte das suas queixas? Por que resistem tantas dúvidas sobre o processo Casa Pia passados tantos anos?

«Pai, és inocente de tudo quanto te acusam?» [Marta Cruz, filha de Carlos Cruz]
Na grande reportagem Casa Pia – E Agora? fazem-se todas as perguntas. Ao longo da semana, nas várias partes que ficarão online às 21h00, será possível a cada um ter a sua resposta. E formular a sua verdade.

Em tribunal, já em julgamento, várias testemunhas que acusaram os arguidos vêm dizer que foram «pagos para acusá-los» no inquérito. Inquérito este aberto após a notícia do Expresso e a acusação de Teresa Costa Macedo na televisão.

Vários ‘arrependidos’ não só desmentem os depoimentos iniciais e afirmam terem sido pagos para mentirem, acusando Carlos Cruz, como chegam a testemunhar que receberam ameaças de morte se não o fizessem. «Disseram-me que sairia deste país com os pés para a frente

Assista AQUI à primeira parte desta reportagem WIN, colocada online há poucas horas e que conta já com milhares de visualizações.

Impala Instagram


RELACIONADOS