Mulher processa bar após ficar tão bêbeda que explodiu casa

Daniella Leis regressava a casa de um concerto de Marilyn Manson quando tudo aconteceu.

Mulher processa bar após ficar tão bêbeda que explodiu casa

Mulher processa bar após ficar tão bêbeda que explodiu casa

Daniella Leis regressava a casa de um concerto de Marilyn Manson quando tudo aconteceu.

Uma mulher que conduzia bêbeda causou danos de 14 milhões de euros após ter chocado contra uma casa e provocado uma explosão. Daniella Leis, de 26 anos, regressava a casa de um concerto de Marilyn Manson na arena Budweiser Gardens em Londres, em Ontário, Canadá. Depois de várias bebidas, pegou no carro e acabou por embater numa casa na Avenida Woodman 450. O choque provocou a rotura de uma conduta de gás e resultou numa enorme explosão que destruiu quatro casas e deixou sete pessoas feridas.

“O impacto financeiro das acções da Sra. Leis foi enorme, com uma estimativa de danos totais próxima dos 14 milhões de euros”, disse o Juiz George Orsini ao tribunal. Entre as vítimas estão dois polícias e dois bombeiros que sofreram inúmeros ferimentos considerados graves. A mulher declarou-se culpada de quatro acusações de condução imprudente e foi condenada a uma pena de prisão de três anos em 2021. Agora, já durante este mês de janeiro, Daniella e o pai, Shawn, entraram com uma acção judicial contra a Ovations Ontario Food Services, a empresa responsável pelo serviço de bebidas.

“Mandaram-na embora sem tomarem medidas para garantir que ela não conduzia bêbada”

Alegam que o fornecedor partilha a responsabilidade pela explosão com base no argumento de que os funcionários “mandaram-na embora sem tomarem medidas para garantir que ela não conduzia bêbada”, pode ler-se em documentos judiciais, de acordo com o New York Post. Além disso, alegam também que a Ovations serviu-lhe álcool conscientes de que estava alcoolizada, acusando-os de colocar “o lucro acima da segurança”, e que os danos resultantes foram “causados […] pela negligência, violação do dever, violação do contrato” por parte do bar. Acreditam que o distribuidor de bebidas é responsável por pagar “quaisquer montantes” resultantes das queixas apresentadas pelas vítimas da Woodman Avenue.

Foto: Reprodução CBC

Para ler depois
Conheça a cidade mais perigosa do mundo onde morrem 20 pessoas por dia e há quem seja queimado vivo
Existem títulos que nenhum destino quer ter e o de cidade mais perigosa do mundo é um deles. Fique a saber qual o destino que é conhecido pelas piores razões. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS