Mulher persegue e mata à facada antiga companheira

Catarina Gonçalves, de 25 anos, casou-se com Ana Miranda, de 31, há sete anos, mas os últimos tempos foram um autêntico inferno.

Mulher persegue e mata à facada antiga companheira

Mulher persegue e mata à facada antiga companheira

Catarina Gonçalves, de 25 anos, casou-se com Ana Miranda, de 31, há sete anos, mas os últimos tempos foram um autêntico inferno.

Catarina Gonçalves, de 25 anos, casou-se com Ana Miranda, de 31, há sete anos, mas os últimos tempos foram um autêntico inferno.

A mais nova, segundo a família e amigos, era vítima de violência doméstica e foi isso que a levou a pedir o divórcio em julho do ano passado. Ana não aceitou a separação e durante os últimos oito meses perseguiu a vítima, tanto em casa como no trabalho.

Matou a antiga companheira à facada, no sábado, junto à zona do Amial, no Porto. A vítima, natural de Vila Nova de Gaia mudou-se para o anexo de uma casa na rua Benjamim Gouveia, no Porto, há cerca de dois meses, para fugir à companheira.

Apesar da tentativa, a verdade é que a agressora foi várias vezes vista a rondar da casa de Catarina. Alguns moradores da zona disseram que chegaram a ouvir várias discussões e que numa das vezes estiveram mesmo de chamar as autoridades.

Fonte ligada à família assegurou que, devido a todas estas situações, a vítima entrou com um processo em tribunal para obter uma ordem de afastamento.

Vítima teve de limitar ao máximo redes sociais

O ciúme e a obsessão da agressora faziam com que Catarina se sentisse perseguida e controlada. Até nas redes sociais a vítima teve de mudar de conta e limitar todas as informações aos amigos mais próximos, para que a companheira não soubesse dos seus passos.

No Facebook, amigos, colegas e família deixaram homenagens à jovem e pedem justiça. “Descansa em paz meu amor. Foste e és uma amiga que eu vou guardar sempre no meu coração. Não merecias isto. Espero que se faça justiça”, lê-se nas redes sociais.

O crime ocorreu durante mais uma discussão. Catarina foi esfaqueada no peito e no pescoço com uma faca de cozinha. Tal como escreve o CM, Ana Miranda deixou depois a companheira a agonizar, saiu do local e entregou-se na esquadra do Bom Pastor.

LEIA AINDA
Pai assiste à morte do filho de cinco anos durante passeio
Pai assiste à morte do filho de cinco anos durante passeio
Um menino de cinco anos morreu na manhã deste domingo após ser atropelado por um motociclo numa estrada de terra batida, perto da praça de touros de Portalegre. O pai estava presente e assistiu a tudo. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS