Mulher morta em Carrazeda de Ansiães, suspeito já detido

Uma mulher de 44 anos morreu hoje na sequência de agressões com uma arma branca, em Samorinha, em Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança, tendo o suspeito sido já detido, disseram fontes dos bombeiros e da GNR.

Mulher morta em Carrazeda de Ansiães, suspeito já detido

Mulher morta em Carrazeda de Ansiães, suspeito já detido

Uma mulher de 44 anos morreu hoje na sequência de agressões com uma arma branca, em Samorinha, em Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança, tendo o suspeito sido já detido, disseram fontes dos bombeiros e da GNR.

Segundo fonte da GNR, no âmbito da mesma ocorrência há ainda a registar um ferido grave.

“À chegada ao local deparámo-nos com dois feridos em estado grave. Um dos feridos era uma mulher, que acabou por falecer no local. A segunda vítima é um homem, que foi transportado por via terrestre para a Unidade Hospitalar de Vila Real”, disse à Lusa o comandante dos bombeiros de Carrazeda de Ansiães, Abílio Félix.

Segundo o comandante dos bombeiros, as vítimas foram encontradas na via pública, num cruzamento entre um caminho rural e a estrada municipal que liga Carrazeda de Ansiães a Samorinha, e o suspeito recorreu ao “uso de uma arma branca”.

O suspeito, segundo a fonte da GNR, tem 54 anos.

No local estiveram sete operacionais dos bombeiros, apoiados por quatro veículos, bem como uma ambulância do Suporte Imediato de Vida (SIV) do Instituto Nacional de Emergência Médica e a equipa médica do helicóptero do INEM, estacionado em Macedo de Cavaleiros.

Esta ocorrência, registada na página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e proteção Civil como “homicídio/suicídio”, transitou para esfera da Polícia Judiciária.

FYP/JAP // ROC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS