Detido suspeito de matar mulher encontrada em mala de viagem em Arruda dos Vinhos

O cadáver de uma mulher foi encontrado esta quarta-feira dentro de uma mala de viagem numa urbanização em Arruda dos Vinhos, no distrito de Lisboa, disse fonte policial à agência Lusa.

Detido suspeito de matar mulher encontrada em mala de viagem em Arruda dos Vinhos

Detido suspeito de matar mulher encontrada em mala de viagem em Arruda dos Vinhos

O cadáver de uma mulher foi encontrado esta quarta-feira dentro de uma mala de viagem numa urbanização em Arruda dos Vinhos, no distrito de Lisboa, disse fonte policial à agência Lusa.

Foi detido o suspeito de matar a mulher encontrada em mala de viagem, em Arruda dos Vinhos, esta quarta-feira, 2 de outubro. A notícia é avançada pelo autarca da vila, André Santos Rijo, através do Facebook. O presidente da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos conta que ontem pelas 2h00 tinha «sido detido o suspeito de tal ato que, a confirmar-se, trata-se de mais um caso de violência doméstica que terminou da pior maneira possível tal como tantos outros, que infelizmente, se têm multiplicado e verificado um pouco por todo o país».

LEIA DEPOIS
Previsão do tempo para esta sexta-feira, 4 de outubro

André Santos Rijo conta ainda que o suspeito e a vítima são «cidadãos brasileiros recém-chegados, que moravam em Arruda há cerca de 15 dias». «Os vizinhos ainda não tinham notado sinal de violência ou agressividade entre ambos. Não havia sinalização por parte de qualquer autoridade, afinal eram também recém-chegados», acrescenta.

Cadáver de mulher encontrado em Arruda dos Vinhos

Fonte policial adiantou à agência Lusa que um cidadão encontrou a mala de viagem quando passeava o cão, num caminho pedonal de acesso à Urbanização Fonte do Ouro, na vila de Arruda dos Vinhos, e alertou as autoridades cerca das 14:00. Chegados ao local, os militares da GNR abriram a mala e encontraram, no seu interior, o cadáver de uma mulher, na casa dos 30 anos, com vestígios de sangue.

O corpo da mulher não apresentava sinais de decomposição

A mesma fonte explicou que o crime teria sido «recente», uma vez que o corpo não apresentava sinais de decomposição nem de mau cheiro, e a mala teria sido colocada ali «há pouco tempo», tendo em conta que o popular tinha passado no local horas antes, também para passear o cão. O corpo da mulher não foi ainda identificado e foi transportado para a morgue do Hospital de Vila Franca de Xira.

LEIA MAIS

Mata filho de seis anos ao tentar «livrá-lo de demónio»

Impala Instagram


RELACIONADOS