Mulher devastada ao descobrir que gravidez afinal era um tumor

Mulher sentiu todos os sintomas de gravidez e os testes deram positivo. Após uma perda anormal de sangue descobriu estar gravemente doente.

Mulher devastada ao descobrir que gravidez afinal era um tumor

Mulher sentiu todos os sintomas de gravidez e os testes deram positivo. Após uma perda anormal de sangue descobriu estar gravemente doente.

Grace Baker-Padden, de 23 anos, estranhou ter engravidado porque tomava a pílula, mas fez quatro testes de gravidez e todos deram positivo. Apesar de não ser uma gravidez planeada, a jovem e o namorado viveram a gravidez como qualquer outro casal, documentando o crescimento da barriga nas redes sociais. Grace e Joe Cowling, de 28 anos, naturais de Durham, em Inglaterra mostravam os dias de felicidade que estavam a viver. Até às 12 semanas da alegada gestação, a jovem teve enjoos, crescimento abdominal e vários outros sintomas.

LEIA DEPOIS
Japão. Número de mortos do tufão Hagibis sobe para 67

«Fiquei devastada», Grace Baker-Padden

Após um sangramento anormal, a mulher foi ao médico para fazer uma ecografia e ver se tudo estava bem com o bebé. Na consulta, descobriu que não estava grávida e que tinha um tumor maligno no útero. «Fiquei devastada e só queria que me tirassem o tumor o mais rápido possível. Não devia ter esperado até às 12 semanas para fazer uma ecografia, mas foi o que me mandaram fazer e o que é comum com as grávidas», contou. O tipo de tumor de Grace Baker-Padden cresce quando a mulher sofre de doença trofoblástica gestacional, conhecida também como gravidez molar.

Na origem da doença está o início de uma gestação normal

A enfermidade faz com que o organismo da mulher atravesse etapas similares às de uma gravidez. Na origem da doença está o início de uma gestação normal. Um óvulo não fertilizado implanta-se no útero, levando à produção de hormonas em excesso. Com a falta de fertilização o óvulo acaba por evoluir para um tumor.

Após a cirurgia para retirar o tumor, a jovem fez seis meses de quimioterapia e está livre de perigo. Grace e Joe avançaram aos órgãos de comunicação social que pretendem ter dois filhos, mas apenas poderão cumprir o sonho dentro de cinco anos. Altura em que a jovem poderá deixar de tomar a medicação obrigatória após o cancro.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para terça-feira, 15 de outubro

Impala Instagram


RELACIONADOS