Mulher faz amigo no comboio na linha de Sintra e acaba violada

Aquilo que pensava ser uma simples noite de diversão terminou com horas de horror às mãos do homem que, sob ameaça de faca, a violou e agrediu. Após consumar a violação, o agressor fugiu da casa para onde tinha levado a vítima, deixando-a só.

Mulher faz amigo no comboio na linha de Sintra e acaba violada

Mulher faz amigo no comboio na linha de Sintra e acaba violada

Aquilo que pensava ser uma simples noite de diversão terminou com horas de horror às mãos do homem que, sob ameaça de faca, a violou e agrediu. Após consumar a violação, o agressor fugiu da casa para onde tinha levado a vítima, deixando-a só.

Uma mulher, de 32 anos, e um homem, de 30, conheceram-se num comboio da Linha de Sintra, na noite desta quinta-feira. Após alguma conversa, decidiram sair juntos na estação da Damaia, e procuraram um restaurante onde jantaram. Finda a refeição, o novo amigo propôs-lhe que o acompanhasse até uma casa, em Massamá, situação que a mulher concordou.

No entanto, aquilo que pensava ser uma simples noite de diversão terminou com horas de horror às mãos do homem que, sob ameaça de faca, a violou e agrediu. Após consumar a violação, o agressor fugiu da casa para onde tinha levado a vítima, deixando-a só.

Corpo coberto de hematomas

A mulher, aterrorizada, procurou ajuda na esquadra da PSP de Massamá. Com o corpo coberto de hematomas e outros ferimentos, os agentes encaminharam-na para o Hospital Amadora-Sintra. Já na unidade hospitalar, a vítima foi submetida a exames médicos.

De acordo com o Correio da Manhã, o caso encontra-se agora a ser investigado pela PJ.

LEIA AINDA
Assassino de Maelys violou duas sobrinhas e filmou os atos
Suspeito de matar Maëlys vai ser acusado também de rapto e sequestro
Os juízes de instrução responsáveis pelo caso de Maëlys De Araujo ordenaram na quarta-feira que o suspeito da morte da menina lusodescendente de nove anos, seja acusado de homicídio, rapto e sequestro. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS