Internada com prognóstico «muito reservado» a mulher arrastada pelo metro [vídeo]

Uma avaria nos sensores da porta de uma carruagem, no metro de São Francisco, nos EUA. A vítima, uma mulher, acabou arrastada e ficou ferida com gravidade.

Internada com prognóstico «muito reservado» a mulher arrastada pelo metro [vídeo]

Internada com prognóstico «muito reservado» a mulher arrastada pelo metro [vídeo]

Uma avaria nos sensores da porta de uma carruagem, no metro de São Francisco, nos EUA. A vítima, uma mulher, acabou arrastada e ficou ferida com gravidade.

Uma mulher, de 65 anos, ficou com os dedos presos nas portas de uma carruagem do metro. Quando o veículo iniciou a marcha para outra estação, a vítima caiu para a linha e foi arrastada vários metros. Ficou presa por baixo das carruagens, por causa de «uma falha nos sensores» das portas. O socorro foi, por isso, difícil. Várias testemunhas do acidente que se encontravam na plataforma conseguiram chamar o condutor à atenção, evitando que este continuasse a viagem. Também no interior da carruagem foram várias as pessoas que gritaram e que conseguiram evitar uma tragédia de maiores proporções.

ÚLTIMA HORA | Duas vítimas em tiroteio no Tagus Park em Oeiras

Mulher está internada no hospital com «prognóstico muito reservado»

A mulher sofreu ferimentos graves e está internada no hospital com «prognóstico muito reservado». As Autoridades norte-americanas abriram uma investigação para apurar responsabilidades, mas já avançaram que foi a «avaria de um sensor que permitiu que o metro avançasse sem a porta devidamente fechada. A Comissão de Transportes de São Francisco emitiu um comunicado onde lamentou o acidente e afirmou ter mudado os 62 sensores dos vagões do metropolitano da cidade. A família da vítima já apresentou queixa à Polícia.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quarta-feira, 1 de maio

Dupla de Milla Jovovich no filme Resident Evil perdeu um braço

Perneta assalta automobilista em plena luz do dia [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS