Mulher arrasta cão bebé pela rua e testemunha impede morte do animal [vídeo]

Mulher arrasta cão bebé pela rua e testemunha impede morte do animal. A mulher acabou por aceitar dinheiro para vender o cão.

Uma mulher arrastou um cão bebé pela rua e uma testemunha conseguiu impedir a morte do animal. A mulher acabou por aceitar dinheiro para vender o cão.

LEIA MAIS: Polícia agride violentamente jovem numa praia [vídeo]

Foi o herói quem gravou as imagens chocantes, nas quais se vê uma mulher chinesa com o pequeno cão bebé a ser arrastado pela trela. A rapariga não o passeia, optando por arrastá-lo, provocando momentos de falta de oxigénio, pois o cão sufocava com a coleira apertada.

Interpelada pela testemunha, num primeiro momento, a mulher diz-lhe que «não tem nada que ver com o assunto» e que, como proprietária do cão bebé, pode «fazer o que quiser».

Um homem acabou por comprar o cão bebé por «uma grande quantia»

O homem insiste em ajudar e oferece-lhe uma grande quantia em dinheiro para comprar o cão. A mulher acaba por aceitar a oferta e o animal é encaminhado para o veterinário.

O caso aconteceu na cidade de Jiangyou, na China, mas passou fronteiras com as imagens partilhadas nas redes sociais. Muitos utilizadores do Facebook ofereceram-se para adotar o animal, mas o seu salvador quis levá-lo para sua casa.

LEIA MAIS: Islândia acaba de matar baleia em vias de extinção

Recorde-se que, na China, os cães não são vistos como animais de companhia e fazem parte da alimentação em algumas regiões do país. Existe um festival, na cidade chinesa de Yulin, que decorre todos os anos, em junho, onde a iguaria é a carne de cão e de gato.

De acordo com relatos recolhidos pela British Broadcasting Corporation (BBC), estima-se que, no auge do famoso festival chinês, chegam a ser mortos cerca de 10 mil animais, incluindo gatos.

Vídeo impressiona, mas história tem final feliz

TAMBÉM LHE PODE INTERESSAR
«E Agora?», a reportagem em vídeo de 5 episódios que relança todas as dúvidas sobre o Processo Casa Pia

Por que dá o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem razão a Carlos Cruz em parte das suas queixas? Por que resistem tantas dúvidas sobre o processo Casa Pia passados tantos anos?

«Pai, és inocente de tudo quanto te acusam?» [Marta Cruz, filha de Carlos Cruz]
Na grande reportagem Casa Pia – E Agora? fazem-se todas as perguntas. Até sexta-feira, nas várias partes que ficarão online às 21h00, será possível a cada um ter a sua resposta. E formular a sua verdade.

Em tribunal, já em julgamento, várias testemunhas que acusaram os arguidos vêm dizer que foram «pagos para acusá-los» no inquérito. Inquérito este aberto após a notícia do Expresso e a acusação de Teresa Costa Macedo na televisão.

Vários ‘arrependidos’ não só desmentem os depoimentos iniciais e afirmam terem sido pagos para mentirem, acusando Carlos Cruz, como afirmam que receberam ameaças de morte se não o fizessem. Disseram-lhe «que sairia deste país com os pés para a frente

Assista AQUI à terceira parte desta reportagem WIN, colocada online há poucas horas e que conta já com milhares de visualizações.


RELACIONADOS