MP da Guiné-Bissau acusa 12 pessoas e três empresas no âmbito da operação “Navarra”

Bissau, 26 set 2019 (Lusa) – O Ministério Público (MP) da Guiné-Bissau anunciou hoje que acusou 12 pessoas e três empresas no âmbito da operação “Navarra”, que culminou na apreensão de quase duas toneladas de cocaína em Canchungo e Oio, no norte do país.Num comunicado divulgado à imprensa, o MP refere que acusou12 pessoas – […]

MP da Guiné-Bissau acusa 12 pessoas e três empresas no âmbito da operação

MP da Guiné-Bissau acusa 12 pessoas e três empresas no âmbito da operação “Navarra”

Bissau, 26 set 2019 (Lusa) – O Ministério Público (MP) da Guiné-Bissau anunciou hoje que acusou 12 pessoas e três empresas no âmbito da operação “Navarra”, que culminou na apreensão de quase duas toneladas de cocaína em Canchungo e Oio, no norte do país.Num comunicado divulgado à imprensa, o MP refere que acusou12 pessoas – […]

Bissau, 26 set 2019 (Lusa) – O Ministério Público (MP) da Guiné-Bissau anunciou hoje que acusou 12 pessoas e três empresas no âmbito da operação “Navarra”, que culminou na apreensão de quase duas toneladas de cocaína em Canchungo e Oio, no norte do país.

Num comunicado divulgado à imprensa, o MP refere que acusou12 pessoas – sete guineenses, três colombianos, um mexicano e um maliano – e três empresas da Guiné-Bissau.

Segundo o comunicado, os suspeitos foram acusados da prática dos crimes de tráfico de droga, associação criminosa e branqueamento de capitais.

“O Ministério Público reafirma a sua determinação de continuar a cumprir com a sua missão constitucional e à luz das leis em vigor na Guiné-Bissau, nomeadamente no que tange à luta contra o crime organizado”, salienta.

A Polícia Judiciária já procedeu à incineração da cocaína apreendida na presença da Interpol, Nações Unidas e outros elementos da comunidade internacional presentes em Bissau, capital do país.

MSE // SR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS