Moscovo diz que unidades ucranianas retiram-se de Severodonetsk

O exército russo afirmou hoje que unidades militares ucranianas retiraram-se da cidade de Severodonetsk, no leste da Ucrânia, que tem sido palco de violentos combates entre as forças de Kiev e as de Moscovo.

Moscovo diz que unidades ucranianas retiram-se de Severodonetsk

Moscovo diz que unidades ucranianas retiram-se de Severodonetsk

O exército russo afirmou hoje que unidades militares ucranianas retiraram-se da cidade de Severodonetsk, no leste da Ucrânia, que tem sido palco de violentos combates entre as forças de Kiev e as de Moscovo.

“Unidades do exército ucraniano, tendo sofrido perdas críticas na luta por Severodonetsk (até 90% em várias unidades), recuam para Lysychansk”, uma cidade vizinha, declarou o Ministério da Defesa russo, em comunicado.

Não foi dada qualquer indicação sobre o número de militares ucranianos que se retiraram, segundo a AFP, que disse não ter conseguido confirmar estas declarações junto de fonte independente.

“As autoridades ucranianas, ao perceberem que era impossível resistir mais e manter a zona industrial de Severodonetsk, ordenaram a um grupo tático misto para minar reservatórios contendo nitrato e ácido nítrico na fábrica de Azot”, disse o exército russo.

Este grupo que ficou no terreno é composto por “sobreviventes” da 79.ª brigada de assalto aéreo e membros da defesa territorial ucraniana, acrescentou.

Ainda de acordo com Moscovo, as forças ucranianas querem fazer explodir esses depósitos de produtos químicos para contaminar a zona e “atrasar” a ofensiva das tropas russas.

A tomada da cidade de Severodonestsk é essencial para a Rússia conseguir o controlo de todo o Donbass, uma região de exploração mineira, ocupada parcialmente por separatistas pró-russos apoiados por Moscovo desde 2014.

Severodonetsk tinha antes da guerra cerca de 100.000 habitantes.

EO // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS