É declarado morto por excesso de álcool, acorda antes da autópsia e volta para festa

É declarado morto por excesso de álcool, acorda antes da autópsia e volta para festa

O homem acabou por não fazer caso aos conselhos das autoridades, vestiu-se, chamou um táxi e regressou à referida festa.

Krzysztof Nowak, um homem de 31 anos foi encontrado inconsciente num passeio nas ruas de Siemianowice, na Polónia. O homem acabou por ser declarado morto no local, sob as suspeitas de ter entrado em coma alcoólica e morrido na via pública.

LEIA MAIS: Apanha Uber embriagado e paga 1300 euros pela viagem

O corpo foi levado para a morgue para ser autopsiado, como exige a lei na Polónia. Já na morgue, um funcionário começou a ouvir uns baralhos estranhos da sala onde o alegado cadáver de Nowak estava. De repente, o trabalhador percebeu que afinal o homem ainda estava vivo. De acordo com declarações prestadas pelo mesmo a jornais locais, a primeira coisa que Nowak lhe pediu foi uma manta porque estava com frio.

A autoridades policiais foram de imediato notificadas e dirigiram-se à morgue para compreender a situação e falar com Nowak. Quando os agentes chegaram, o homem encontrava-se ainda claramente embriagado e quando lhe explicaram que devia dirigir-se a um hospital para conferir que se encontrava bem de saúde, Nowak recusou e exigiu que o levassem de volta para a festa, onde tinha começado a noite.

O homem não fez caso aos conselhos das autoridades, vestiu-se, chamou um táxi e regressou à referida festa.

VEJA AINDA: Suíça: Emigrante português bêbado numa trotinete foi multado

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS