Mortes em fevereiro diminuíram em relação ao mês anterior e a 2021

O número de mortes em fevereiro deste ano diminuiu em relação a janeiro de 2022 e fevereiro do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística.

Mortes em fevereiro diminuíram em relação ao mês anterior e a 2021

Mortes em fevereiro diminuíram em relação ao mês anterior e a 2021

O número de mortes em fevereiro deste ano diminuiu em relação a janeiro de 2022 e fevereiro do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística.

O número de mortes em fevereiro deste ano diminuiu em relação a janeiro de 2022 e fevereiro do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística. Com 10.621 óbitos registados, a mortalidade global em fevereiro de 2022 diminuiu 16,8 por cento em relação a fevereiro do ano passado, apesar de um aumento no número de pessoas com covid-19 que morreram, em relação a janeiro.

Em fevereiro deste ano morreram 1.118 pessoas com covid-19, mais 126 do que no mês anterior, o equivalente a 10,5% do total de óbitos do mês. Em relação a fevereiro do ano passado, morreram menos 2.476 pessoas com covid-19. Entre 31 de janeiro e 20 de fevereiro de 2022, o número global de mortes foi superior à média dos cinco anos pré-pandemia mas de 21 de fevereiro a 06 de março voltou a números inferiores à média para o mesmo período entre 2015 e 2019. As 125.147 mortes verificadas em Portugal no ano passado foram 1,2% mais do que em 2020, indicam os números divulgados pelo INE.

O número de crianças nascidas em janeiro de 2022 aumentou 4,2 por cento em relação ao mesmo mês do ano passado, com 6.257 nados-vivos. O saldo natural (diferença entre óbitos e nados-vivos) continuou negativo em janeiro deste ano (menos 5.461) mas desagravou-se em relação a janeiro de 2021, quando o saldo foi -13.656. Segundo o INE, o saldo natural em 2021 foi de -45.216, valor negativo mais acentuado que em 2019 (-25.214) e 2020 (-38.932).

Quanto aos casamentos, aumentaram em janeiro 40% em relação ao mês homólogo do ano passado, verificando-se 1.140 casamentos, mais 326 do que em janeiro de 2021. A celebração de casamentos a partir de março de 2020 foi condicionada pelas medidas de restrição de mobilidade e contacto social associadas ao controlo da pandemia de covid-19, salienta o INE.

Impala Instagram


RELACIONADOS