Morreu a criança que caiu em santuário de Espanha

Menino de três anos sofreu uma queda de seis metros e não resistiu aos ferimentos. Criança caiu de muro quando os pais tiravam uma fotografia no santuário.

Morreu a criança que caiu em santuário de Espanha

Menino de três anos sofreu uma queda de seis metros e não resistiu aos ferimentos. Criança caiu de muro quando os pais tiravam uma fotografia no santuário.

A criança de três anos que estava em morte cerebral desde o passado dia 5 de agosto morreu ontem, num hospital de Arriondas, em Espanha. O menor sofreu uma queda de mais de seis metros quando estava sentado num muro do Santuário de Cavadonga, no coração dos Picos da Europa. O menor posava para uma fotografia que a mãe estava a tirar. Caiu de costas numas escadas de pedra, embatendo violentamente com a cabeça. Com eles encontravam-se também o pai e a irmã.

LEIA DEPOIS
Calor vai voltar. Temperaturas sobem até aos 35 graus na próxima semana

Criança ficou «estendida nas escadas de boca para baixo»

Um funcionário do local apercebeu-se do acidente e acionou de imediato a emergência. Dani Menéndez Mata, de 21 anos, empregado do hotel Rey Pelayo, ficou traumatizado com a tragédia. «Escutei gritos dos pais e da irmã que não parava de chorar. O menino estava estendido nas escadas de boca para baixo, mas não se via nenhuma ferida aberta. Sempre pensei que iria sobreviver, mas ele nunca mostrou qualquer reação. Estava uma pediatra a passear no local quando tudo aconteceu e ela foi logo socorrê-lo, mas percebia-se o pânico na cara dela», contou.

Menor não resistiu às lesões e acabou por perder a vida

A criança foi encaminhada para o Centro de Emergências do Principado de Astúrias, mas foi transferido de helicóptero para o Hospital Universitário Central de Astúrias, em Oviedo, devido à gravidade do traumatismo craniano. Apesar de todos os esforços das equipas médicas, o menor não resistiu às lesões e acabou por perder a vida. O caso comoveu o país e milhares de pessoas têm manifestado a sua tristeza nas redes sociais, onde muitas fotografias do menor têm sido partilhadas. Há também quem apela a cuidados redobrados em áreas perigosas, depois de se terem registado vários acidentes semelhantes este verão, em Espanha. Há duas semanas, uma menina de dois anos caiu numa zona montanhosa, num parque natural, também na zona das Astúrias. Apesar de não ter perdido a vida, sofreu vários ferimentos graves.

LEIA MAIS
Doença do pombo faz vítimas mortais em São Paulo
Emagrece 266 quilos e consegue voltar a andar [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS