Morre em acidente depois assassinar a ex-mulher e fugir com a filha

Pai morre, mas criança de cinco anos sofreu apenas ferimentos ligeiros. Menor ficou órfã e foi entregue à família materna.

Morre em acidente depois assassinar a ex-mulher e fugir com a filha

Morre em acidente depois assassinar a ex-mulher e fugir com a filha

Pai morre, mas criança de cinco anos sofreu apenas ferimentos ligeiros. Menor ficou órfã e foi entregue à família materna.

Wanderson Souza quebrou a ordem de restrição que o impedia de se aproximar da ex-mulher (interposta três dias antes do crime) e assassinou à facada a antiga companheira. O crime teve lugar na passada quinta-feira, dia 29 de agosto, no Barro Alto, em Goiás, no Brasil. A vítima estava com a filha quando foi surpreendida pelo ex-marido. Após o crime, o homem fugiu de carro com a filha, de cinco anos. O veículo utilizado para a fuga o homem colidiu de frente com um camião, atingindo a roda do veículo. O acidente acabaria por ser mortal.

LEIA DEPOIS
Padre acusado de engravidar menor em Moçambique

Causas do acidente ainda por explicar

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que ainda não é possível avançar as causas do acidente. Os bombeiros socorreram o agressor, que ficou encarcerado. Foi encaminhado para o hospital com múltiplos traumatismos e acabou por perder a vida horas depois do acidente. Já a menina sofreu apenas ferimentos ligeiros e já foi entregue à família paterna, que vive na cidade de Uruaçu, também em Goiás. Um estudo divulgado em novembro do ano passado pelo UNODC (Escritório das Nações Unidas para Crime e Drogas) mostra que a taxa de mulheres assassinadas no Brasil foi de 2,3 mortes para cada 100 mil sujeitas em 2017. Em 2018, registaram-se quatro mortes para cada grupo de 100 mil mulheres, ou seja, um valor 74% superior à média mundial.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para este domingo, 8 de setembro
Homem acaba no hospital por inserir 15 ovos a ferver no reto

Impala Instagram


RELACIONADOS