Moçambique/Ciclones: Programa Mundial para a Alimentação e Unicef apoiam 100 mil pessoas afetadas pelo Idai

O Programa Mundial para a Alimentação e a Unicef vão distribuir cupões para atender às necessidades básicas de famílias afetadas pelo ciclone Idai, no âmbito de um programa conjunto e que vai beneficiar 100 mil pessoas.

Moçambique/Ciclones: Programa Mundial para a Alimentação e Unicef apoiam 100 mil pessoas afetadas pelo Idai

Moçambique/Ciclones: Programa Mundial para a Alimentação e Unicef apoiam 100 mil pessoas afetadas pelo Idai

O Programa Mundial para a Alimentação e a Unicef vão distribuir cupões para atender às necessidades básicas de famílias afetadas pelo ciclone Idai, no âmbito de um programa conjunto e que vai beneficiar 100 mil pessoas.

“Ao trabalhar em conjunto para fornecer cupões para alimentos, higiene e utensílios domésticos, o PMA e o Fundo das Nações Unidas para a Infância [Unicef, na sigla em inglês] podem ajudar as famílias a comprar e priorizar os artigos mais essenciais para seus agregados”, afirmou hoje o coordenador do PMA na Beira, Peter Rodrigues.

Segundo este coordenador da resposta de emergência do PMA, em comunicado, o cupão mensal vai ser de 44 dólares (40 euros) por família e pode ser trocado em sete lojas diferentes nos distritos de Dondo e Nhamatanda, na província de Sofala, centro do país.

O PMA e a Unicef vão acompanhar a implementação do programa para analisar o que as famílias compraram, no sentido de perceber o impacto do apoio na recuperação pós-ciclone.

“[Priorizar os artigos essenciais] é importante uma vez que as necessidades das famílias nestas áreas permanecem significativas “, acrescentou o coordenador do PMA, no âmbito da iniciativa hoje lançada.

Para além dos cupões, o programa, que se estende até outubro, vai promover práticas e difundir mensagens para melhorar a nutrição e higiene das populações afetadas.

Em março, o ciclone Idai atingiu o centro de Moçambique, causando 604 vítimas mortais e afetando cerca de 1,8 milhões de pessoas.

Pouco tempo depois, o norte do país foi devastado pelo ciclone Kenneth, matando 45 pessoas e afetando outras 250.000.

EYAC // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS