Moçambique identifica novo local para dar água à região mais populosa

A Administração Regional de Águas (ARA) do Centro-Norte de Moçambique identificou um novo local para o projeto de construção de uma barragem para reforçar o abastecimento de água a Nampula, capital da região mais populosa de Moçambique.

Moçambique identifica novo local para dar água à região mais populosa

Moçambique identifica novo local para dar água à região mais populosa

A Administração Regional de Águas (ARA) do Centro-Norte de Moçambique identificou um novo local para o projeto de construção de uma barragem para reforçar o abastecimento de água a Nampula, capital da região mais populosa de Moçambique.

Segundo fonte da instituição, o local encontra-se na bacia do rio Mecubúri a cerca de 70 quilómetros da cidade, em alternativa a outros dois possíveis locais nos rios Meluli e Monapo.

O reforço do abastecimento de água à capital provincial de Nampula é apontado há vários anos como uma necessidade, decorrendo negociações com parceiros de cooperação para levar as obras por diante.

A albufeira prevista para o rio Mecubúri teria capacidade de armazenar mais de sete mil milhões de metros cúbicos de água, cerca do dobro da dimensão máxima atual.

O abastecimento a partir de Monapo foi criado há cerca de 60 anos e consegue reter cerca de 3,4 mil milhões de metros cúbicos de água.

A administração do serviço de águas aponta para uma explosão demográfica da cidade da Nampula para justificar o empreendimento, que poderia terminar com as restrições no abastecimento – que atualmente se impõem devido às limitações da albufeira de Monapo.

A província de Nampula é a mais populosa de Moçambique, com 5,7 milhões dos 28 milhões de habitantes do país, segundo o censo populacional de 2017, sendo a capital provincial uma das cidades mais povoadas logo após Maputo.

LFO // JH

Lusa/fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS