Condutor do camião do horror prepara-se para ser pai de gémeos

A mulher de Mo Robinson, identificado pela imprensa britânica como o condutor do camião onde foram encontrados 39 mortos, em Inglaterra, está grávida de gémeos.

Condutor do camião do horror prepara-se para ser pai de gémeos

Condutor do camião do horror prepara-se para ser pai de gémeos

A mulher de Mo Robinson, identificado pela imprensa britânica como o condutor do camião onde foram encontrados 39 mortos, em Inglaterra, está grávida de gémeos.

39 corpos foram encontrados, esta quarta-feira, 23 de outubro, dentro de um contentor de um camião em Essex, Inglaterra. Mo Robinson, de 25 anos, é identificado pela imprensa britânica como o condutor do veículo e foi detido por suspeitas de homicídio. A família do jovem, incluindo a mulher que está grávida de gémeos, já se encontra a caminho de Inglaterra para o apoiar.

LEIA DEPOIS

Polícia faz buscas na Irlanda do Norte após descoberta de 39 corpos em camião

Familiares do condutor já reagiram

«Detivemos o condutor por relação com o incidente e permanece sob custódia policial enquanto a nossa investigação prossegue», avança o coordenador da investigação. A imprensa britânica diz ter identificado o condutor: Mo Robinson. É natural de Portadown, na Irlanda do Norte, e nas redes sociais surge em várias fotografias com camiões. O jovem estudou manutenção e reparo de veículos leves na Southern Regional College – Portadown Campus.

A imprensa britânica avança que a família é muito respeitada pelos vizinhos e os amigos do alegado suspeito dizem que este é «inocente». Fonte próxima da família do condutor afirma que Mo Robinson visitava-os a cada duas semanas. O vereador local conta que o pai de Robinson descobriu que o filho tinha sido detido através das redes sociais. «O sentimento é de choque total e espero que esta história não seja verdadeira em termos de seu envolvimento», revelou ainda o vereador, que critica ainda o mediatismo em torno da família do jovem: «Foi muito angustiante para a família, pois sentiram que estavam em cativeiro na sua própria casa.»

Polícia diz que camião tinha sistema refrigerador: «As condições seriam absolutamente horrendas»

Segundo as autoridades, o camião terá saído de Zeebrugge, na Bélgica, e entrou em solo britânico no passado sábado. O veículo está registado na Bulgária, em nome de uma empresa que pertence a uma cidadã irlandesa, de acordo com a RTE News. O diretor executivo da Associação de Transporte Rodoviário no Reino Unido, Richard Burnett, afirma ao Daily Mirror que, a partir de fotos e vídeos, conseguiu verificar que o contentor do camião tinha um sistema refrigerador. Isso significa que as temperaturas dentro do veículo podiam alcançar os graus negativos. «Se o refrigerador fosse ligado, as condições seriam absolutamente horrendas e matariam rapidamente qualquer pessoa», explica Burnett.

O alerta foi dado pelas 1h40 de hoje. As autoridades foram chamadas ao Parque Industrial de Waterglade, após a descoberta dos corpos – 38 adultos e um adolescente. «Foi uma tragédia, onde várias pessoas perderam a vida. A investigação está a decorrer», avançam as autoridades. Mo Robinson ainda está a ser interrogado pelas autoridades.

LEIA MAIS

Sem queixo e com pernas viradas ao contrário. Outro caso do médico do bebé sem rosto

Impala Instagram


RELACIONADOS