Ministro da Saúde da Tunísia pede a demissão após morte de 11 bebés em maternidade

Ministro da Saúde da Tunísia pede a demissão após morte de 11 bebés em maternidade

O Ministro da Saúde da Tunísia, Abderraouf Cherif, demitiu-se após morte de 11 bebés em maternidade. O caso está a ser investigado pelas autoridades.

O Ministro da Saúde da Tunísia, Abderraouf Cherif, demitiu-se após morte de 11 recém-nascidos prematuros, entre quinta e sexta-feira, numa maternidade em Tunes.

A causa das mortes está sob investigação, mas tudo indica que se tenha tratado de um choque séptico, resultado de uma infeção. Nas últimas 24 horas não se registaram mais mortes, mas a pressão social exercida sobre o Ministro da Saúde daquele país ditaram o seu pedido de demissão.

Ministro demite-se após morte de 11 bebés | O que é um choque séptico?

O choque séptico é uma condição grave que ocorre quando um agente infeccioso, como bactérias, vírus ou fungo, entram na corrente sanguínea. A infecção afeta todo o sistema imunológico, desencadeando uma reação em cadeia que pode provocar uma inflamação descontrolada no organismo. A resposta do organismo à infecção produz mudanças de temperatura, da pressão arterial, frequência cardíaca, contagem de células brancas do sangue e respiração.

Entre as principais complicações decorrentes de choque séptico, estão insuficiência respiratória, insuficiência cardíaca e falência de qualquer outro órgão do corpo.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para segunda-feira, 11 de março
Divulgada lista de nacionalidades das vítimas da queda do avião na Etiópia

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS