Milhares de pessoas retiradas de Dortmund para desativação de bombas da II Guerra

Cerca de 75 anos depois do fim da guerra, as autoridades alemãs encontram bombas que não explodiram e que, para serem desativadas, provocam por precaução evacuações de grandes áreas.

Milhares de pessoas retiradas de Dortmund para desativação de bombas da II Guerra

Milhares de pessoas retiradas de Dortmund para desativação de bombas da II Guerra

Cerca de 75 anos depois do fim da guerra, as autoridades alemãs encontram bombas que não explodiram e que, para serem desativadas, provocam por precaução evacuações de grandes áreas.

Milhares de pessoas foram retiradas este domingo, 12 de janeiro, para zonas seguras na cidade alemã de Dortmund para técnicos desativarem quatro bombas da II Guerra Mundial, foi anunciado.

LEIA DEPOIS

Rainha Isabel II convoca reunião de emergência para debater futuro de Duques de Sussex

Polícia evacua zonas onde acredita que as bombas estão enterradas

Já no sábado, as autoridades tinham evacuado dois hospitais e aberto escolas para acolher residentes que tiveram de sair das suas casas. No total, as autoridades pediram a cerca de 14.000 pessoas para deixarem as áreas onde se pensa que os engenhos estão enterrados.

75 anos depois, autoridades alemãs ainda encontram bombas que não explodiram

A estação de comboios da cidade foi fechada e todos os comboios vão ser desviados para outros destinos. As autoridades esperam começar a desativá-las hoje à tarde. Cerca de 75 anos depois do fim da guerra, as autoridades alemãs encontram bombas que não explodiram e que, para serem desativadas, provocam por precaução evacuações de grandes áreas.

Lusa

LEIA MAIS

Dois pescadores morrem arrastados por onda em Cascais

Impala Instagram


RELACIONADOS