Milhares de fiéis acolhem Papa na Via Sacra após dois anos de pandemia

Cerca de 10.000 fiéis acolheram hoje o Papa Francisco no Coliseu de Roma, onde preside à Via Sacra de Sexta-Feira Santa, após dois anos sem um dos mais seguidos ritos da Semana Santa, devido à pandemia de covid-19.

Milhares de fiéis acolhem Papa na Via Sacra após dois anos de pandemia

Milhares de fiéis acolhem Papa na Via Sacra após dois anos de pandemia

Cerca de 10.000 fiéis acolheram hoje o Papa Francisco no Coliseu de Roma, onde preside à Via Sacra de Sexta-Feira Santa, após dois anos sem um dos mais seguidos ritos da Semana Santa, devido à pandemia de covid-19.

Em 2020 e 2021, a Via Sacra — ou Caminho da Cruz — foi celebrada numa praça de São Pedro deserta por causa das restrições de combate ao coronavírus SARS-Cov-2.

Este ano, Francisco voltou ao histórico anfiteatro, símbolo da perseguição dos primeiros cristãos, para presidir à Via Sacra, um rito que remonta ao século XVIII e que, depois de cair em desuso, foi retomado em 1959 pelo Papa João XXIII.

Junto ao monumento, milhares de fiéis com velas — 10.000, segundo o Vaticano, que indica como fonte o comando da polícia romana — assistiram ao Caminho da Cruz, assinalando o martírio e a morte de Jesus.

O Papa, como é tradição, assistiu à cerimónia em silêncio num promontório no Monte Palatino, onde se situa a basílica do imperador Magêncio, nos Fóruns Imperiais.

A Via Sacra prosseguirá até quase à meia-noite de hoje, enquanto diversos grupos de famílias passam a cruz até chegar ao Papa que, no final, está previsto que diga uma oração.

Este ano, realiza-se tendo em pano de fundo a invasão russa da Ucrânia, que entrou hoje no 51.º dia, uma questão em relação à qual Francisco já por diversas vezes expressou preocupação.

Uma das estações por onde a cruz passará é protagonizada por duas amigas, Irina e Albina, uma ucraniana e a outra russa, que trabalham juntas num hospital de Roma — uma demonstração de unidade que suscitou o desacordo da embaixada ucraniana no Vaticano e levantou polémica em alguns setores da sociedade.

ANC // SCA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS